O comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar de Santos, no litoral paulista, Armando Bezerra Leite, informou que o homem que mantém três reféns em uma creche é menor de idade. Ele tem 17 anos.

O sergipano, que não tem parentes na região, mora há cerca de três meses com uma das vítimas, a cozinheira Marília de Jesus Santos, de 45 anos, com quem mantém um relacionamento. O motivo da invasão seria ciúmes.

Durante a manhã, o adolescente exigiu a presença de um ex-namorado da cozinheira, mas o pedido foi negado pela polícia.

Depois de 6 horas de cárcere, as negociações avançam e, segundo a PM, ele já dá sinais de cansaço e demonstra que vai se render. Há alguns minutos, ele solicitou a presença de um juiz.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.