A sessão de hoje da Assembléia Legislativa de Alagoas não aconteceu por falta de quórum. Com isso, a eleição para os quatro cargos vagos da Mesa Diretora da Casa ficou adiada para amanhã.

A eleição foi convocada pelo deputado Gilvan Barros (PMN), na condição de presidente substituto. Barros substitui o deputado José Pedro da Aravel (PMN), que renunciou ao cargo de segundo suplente na última terça-feira.

A convocação foi feita por meio de edital publicado na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. De acordo com o edital, estão vagos os cargos de 1º, 2º e 3º vice-presidentes, além do 2º suplente. Os cargos ficaram vagos depois da renúncia de quatro integrantes da Mesa, que deixaram a Casa sem comando, já que outros seis deputados estão afastados das funções por decisão judicial após serem indiciados pela Polícia Federal no inquérito da Operação Taturana, que investiga o desvio de R$ 280 milhões do legislativo alagoano. Entre os afastados está o presidente Antônio Albuquerque, que foi expulso do DEM e é apontado como o chefe da quadrilha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.