Acusados de espancar metalúrgico negam uso de drogas

Dos oito acusados de terem espancado o metalúrgico Fabiano Dias Rodrigues, de 24 anos, na saída de uma boate, em Sorocaba, no interior de São Paulo, sete negaram hoje a versão dele de que teriam consumido drogas no banheiro antes das agressões. Ouvidos pelo delegado José Ordele de Lima, do 5º Distrito Policial (DP), afirmaram que a briga começou porque Rodrigues mexeu com a namorada de um deles.

Agência Estado |

O grupo também negou que formasse uma gangue. O oitavo suposto agressor foi identificado, mas está foragido.

Os suspeitos não reconheceram entre os cinco seguranças da casa noturna quem teria empurrado o metalúrgico para fora no início do espancamento. Lima inquiriu outra vez os autores do crime - dois deles são menores - na tentativa de identificar o responsável pelo empurrão. Caso fosse um segurança, poderia ser indiciado como co-autor. Também foi ouvido o freqüentador que moveu a cabeça de Rodrigues quando ele estava desmaiado, evitando que se afogasse com o sangue.

Evandro Pereira da Silva, de 31 anos, afirmou que o confronto havia terminado quando ele saiu para a rua. Foi Silva quem pediu aos seguranças que providenciassem socorro. A mãe do metalúrgico, Sebastiana Dias Rodrigues, disse que o filho confirmará à polícia que os supostos agressores usavam entorpecentes no sanitário.

Fabiano Dias Rodrigues foi impedido de entrar e avisou os seguranças, sendo espancado como represália. O delegado concluirá a investigação sem tomar o depoimento do metalúrgico, que se recupera das lesões em casa. Como ele ainda tem confusão mental, Lima prefere que seja ouvido na próxima fase, quando o inquérito estiver na Justiça.

Espancamento

O espancamento foi gravado por uma câmera instalada na fachada do estabelecimento. As imagens mostram o metalúrgico sendo perseguido, esmurrado, derrubado e pisado pelos agressores. Apenas um deles, Talisson Augusto Cleis, de 19 anos, disse que está arrependido do que fez. Os acusados responderão pelo crime de tentativa de homicídio.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG