Acusado de ser armeiro de milícia é preso no Rio

Policiais da 57ª Delegacia de Polícia (Nilópolis) prenderam Lucinei Alves da Conceição, de 40 anos, acusado de ser o armeiro da milícia que atua em Água Santa, no Rio. Lucinei, supostamente o responsável pela guarda e manutenção das armas da milícia, foi preso em sua residência na Estrada Rio do Pau, em Nilópolis.

Agência Estado |

No local, foram apreendidos uma carabina calibre 38, um revólver calibre 38, uma espada samurai, um carregador para metralhadora 9mm, seis munições para calibre 38 mm, 15 munições para fuzil calibre 762, quatro munições para calibre 45 mm, duas munições para calibre 9mm, uma munição para calibre 40mm e uma munição calibre 12mm.

Os agentes apreenderam ainda um celular, cerca de 200 notas fiscais de cobrança de segurança particular de condomínio, recibos de cobrança por segurança em comunidade, cadastros de TV a cabo pirata, dois carimbos de "pago" e uma faca manchada de sangue, que foi encaminhada para a perícia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG