Preso desde 2002 sob a acusação de integrar uma quadrilha que teria participado do assassinato do ex-prefeito de Santo André Celso Daniel, Marcos Roberto Bispo dos Santos pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que determine a sua soltura. Marcos alega que está preso preventivamente há mais de 7 anos e que o prazo legal para esse tipo de prisão é de 81 dias.

Segundo os advogados de Santos, ele estaria cumprindo a pena antecipadamente, sem condenação, o que não é legal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.