Acusado de matar Eloá será julgado em fevereiro

Lindemberg Fernandes, acusado de assassinar a tiros sua ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, será julgado no dia 21 de fevereiro

AE |

selo

O julgamento de Lindemberg Alves Fernandes, acusado de matar a tiros sua ex-namorada Eloá Cristina Pimentel, em 2008, será no dia 21 de fevereiro, às 9 horas. A decisão é do juiz José Carlos de França Carvalho Neto, da Vara do Júri e Execuções Criminais de Santo André, segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

Quando o Judiciário de Santo André decidiu que Lindemberg seria levado a júri popular, sua defesa tentou reverter o quadro, mas teve o recurso negado pelo TJ-SP. Além do interrogatório do réu, serão ouvidas na mesma data 23 testemunhas, de acusação e defesa.

Lindemberg responde pelo homicídio de Eloá, pela tentativa de homicídio de Nayara Silva e do sargento Atos Valeriano, e pelo sequestro e cárcere privado de menores de 18 anos. O rapaz também é processado por quatro disparos de arma de fogo em lugar habitado.

Em outubro de 2008, Lindemberg manteve a ex-namorada - junto com a amiga dela Nayara e mais dois garotos - em cárcere privado por cinco dias num apartamento de um conjunto habitacional de Santo André. A situação terminou com Eloá sendo baleada duas vezes e morta.

    Leia tudo sobre: julgamento eloá

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG