Acrobata da Intrépida Trupe é encontrado morto em sua casa no Rio

RIO DE JANEIRO ¿ O acrobata da Intrépida Trupe Caio Guimarães de Jesus, de 36 anos, foi encontrado morto em sua casa, em Santa Teresa, no Centro do Rio, na noite desta segunda-feira com um golpe de marreta na cabeça. De acordo com a Polícia Civil, o principal suspeito pelo crime é uma pessoa do mesmo círculo de relacionamentos da vítima.

Redação |

De acordo com a 7ª DP (Santa Teresa), um colega de Caio viu através da janela o acrobata deitado no chão e resolveu arrombar a porta da casa ao perceber que a vítima não respondia a seus chamados.

A polícia informou que a namorada de Caio, com que ele falou por telefone na manhã de domingo, e o irmão do acrobata, que teria sido o último a deixar a casa na segunda-feira, estão sendo procurados para prestar depoimento.

O computador da vítima foi roubado, mas a marreta usada no crime foi encontrada no local embalada em um saco plástico. Com o golpe na cabeça, Caio sofreu afundamento de crânio. Peritos já estiveram na casa do acrobata e recolheram objetos para a identificação de digitais.

Em virtude do assassinato, a Fundação Nacional de Artes (Funarte) informou em nota que a abertura do Projeto Coleções foi adiada. O projeto envolve a interação de acrobatas da Intrépida Trupe com obras dos artistas visuais Raul Mourão, Marta Jourdan, Guga Ferraz e Pedro Bernardes. Uma nova data para o evento de abertura será anunciada em breve.

Leia mais sobre: Intrépida Trupe

    Leia tudo sobre: assassinatocrimesanta tereza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG