Acreano poderá decidir se mantém fuso horário atual

Por 223 votos a favor e 122 contra, a Câmara aprovou hoje à noite projeto de decreto legislativo que prevê a realização de referendo no Acre para que a população decida se mantém o atual fuso horário no Estado - uma hora a menos em relação a Brasília. O fuso horário no Acre foi alterado em abril do ano passado.

Agência Estado |

Até então, o fuso no Estado era de duas horas a menos em relação a Brasília. A proposta de referendo é do deputado Flaviano Mello (PMDB-AC), adversário político do senador Tião Viana (PT-AC), um dos idealizadores do projeto que reduziu de duas para uma hora a diferença de fuso do Acre em relação a Brasília.
"O Acre está vivendo 12 meses de horário de verão. As crianças vão para a aula no escuro", reclamou Mello. "Quem não tem projeto para o desenvolvimento do Acre vem propor a rediscussão do fuso horário no Estado", disse a deputada Perpetua Almeida (PC do B-AC), aliada do PT. Pelo projeto, o referendo será realizado junto com as eleições do ano que vem. Tião Viana é candidato ao governo do Estado em 2010. O PMDB também terá candidato. "Não gostaríamos que esse debate sobre o fuso horário fosse feito junto ao debate eleitoral", observou a comunista. O projeto de referendo foi para o Senado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG