Acre decide, em referendo, mudar fuso horário

Fuso horário adotado no Estado deve ter 2 horas a menos que o horário de Brasília. No horário de verão, diferença sobe para três

Agência Brasil |

O fuso horário do Acre – que atualmente é uma hora a menos em relação ao horário oficial de Brasília – deverá ser alterado e voltar para a marcação antiga, de duas horas de diferença. Em referendo feito no domingo junto às eleições para a escolha de presidente, a maioria dos eleitores (56,77%) respondeu não à pergunta: “Você é a favor da recente alteração de horário legal promovida no seu Estado?”

O fuso do estado foi alterado há dois anos, por meio de uma lei aprovada no Congresso Nacional. Com o resultado do referendo, o fuso adotado no estado deverá ser o antigo, com duas horas a menos que o oficial. Durante o horário de verão, essa diferença passa a ser de três horas.

Oficializado o resultado, o Tribunal Regional Eleitoral do Acre deverá comunicar ao Tribunal Superior Eleitoral, que encaminhará ao Congresso Nacional um comunicado para que uma lei alterando o horário seja feita. Para entrar em vigor, o novo horário ainda depende de aprovação dos parlamentares.

    Leia tudo sobre: fuso horárioacre

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG