Acidentes matam 50 nas estradas de Minas Gerais

BELO HORIZONTE - Imprudência, desconhecimento das vias e muita chuva são as causas apontadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) para o impressionante número de 50 mortes registradas nas estradas que cortam Minas, do dia 20 até o dia 28.

Redação com agências |

Acordo Ortográfico

No período, ocorreram 903 acidentes, número 52,2% superior ao total registrado no mesmo período do ano passado, quando ainda não vigorava a Lei Seca.

Os dados não incluem um bebê de 3 meses que morreu na sexta-feira quando era atendido pelos bombeiros na BR-381 - vítimas que morrem enquanto são socorridas não são incluídas no balanço.

As estradas de Minas servem como passagem para vários destinos do País, disse o inspetor Aristides Júnior, da PRF. A falta de conhecimento dos motoristas de outros Estados que passam pelas rodovias mineiras, aliada à imprudência, é o fator principal para o grande número de mortes. Isso sem falar nas chuvas.

A PRF afirmou não ser possível comparar esses dados aos do ano passado. Isso porque a operação de 2007 foi dividida entre Natal e Réveillon. A deste ano é conjunta e só termina no dia 4 de janeiro.

*Com informações da Agência Brasil e Estado

Veja também:

Leia mais sobre: acidentes em rodovias

    Leia tudo sobre: acidente de trânsitomortesrodovias

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG