Acidentes em estradas federais de Minas deixam 34 mortos

BELO HORIZONTE - Dados parciais da Polícia Rodoviária Fedaral registrados entre os dias 20 e 24 de dezembro revelam que houve aumento da violência nas estradas em relação a 2007, quando foram registradas 26 mortes entre entre 21 e 25 de dezembro, em Minas Gerais. Segundo o balanço 34 pessoas morreram em acidentes nas rodovias.

Redação |


A PRF não divulgou o número de pessoas que ficaram feridas e o número de acidentes que ocorreram no período. A operação de fim de ano começou dia 20 de dezembro e será finalizada no dia 4 de janeiro.

Somente nesta quarta-feira, 11 pessoas moreram em rodovias federais de Minas Gerais. Por volta das 17h desta quarta-feira, três pessoas morreram e outras duas ficaram feridas, após um Kadett, placa KMK 6440, de Andradina/SP, ser atingido por uma carreta Volvo, modelo FH-12, placa NCC 5205, de Ariquemes (RO), na altura do km 694,3 da BR-365, no trevo de Monte Alegre de Minas, no oeste mineiro, a 600 quilômetros de Belo Horizonte. Todas as vítimas estavam no veículo de passeio.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal(PRF), o motorista da carreta, Francisco Elio Figueira, não conseguiu frear a tempo de não atingir o Kadett, cujo motorista, Odair Emílio dos Santos, de 38 anos, ao atravessar a rodovia no trevo, não o fez com atenção. Odair, Maria das Dores Silva Durão, de 44 anos, e Mirian Alessandra Soares Silva, 10, morreram. Guilherme Costa Silva, também de 10 anos, e Felipe Henrique Soares Silva, 13, sofreram ferimentos leves.

Os corpos de Odair, Maria das Dores e da menina de 10 anos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal(IML) de Uberlândia. Guilherme Costa e Felipe Henrique foram socorridos no Hospital Municipal de Monte Alegre de Minas. O motorista da carreta saiu ileso.  

Rio Grande do Sul

A colisão de um ônibus com uma carreta deixou 22 pessoas feridas hoje em Farroupilha, na região serrana do Rio Grande do Sul. O coletivo havia saído de Porto Alegre às 12 horas com destino a Erechim e estava com 46 passageiros a bordo.

Ao se aproximar de uma curva em subida no quilômetro 51 da RS 122, entre Nova Milano e Farroupilha, teve seu trajeto cortado pelo caminhão, que tombou e ocupou parte da pista contrária.

O motorista do ônibus conseguiu evitar o choque frontal, mas a batida lateral fez com que perdesse o controle do veículo, que desceu um barranco de 70 metros e acabou retido por obstáculos como árvores e grandes pedras, sem os quais poderia ter caído num penhasco. Os feridos foram levados para hospitais de Farroupilha e Caxias do Sul. A maioria foi liberada logo depois do atendimento. Alguns ficaram em observação, mas, até o início da noite, o estado de saúde deles não era considerado grave pelos médicos.

    Leia tudo sobre: acidentes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG