Os acidentes de trânsito mataram 20 pessoas desde a véspera de Natal até o início da noite de hoje no Rio Grande do Sul. A tragédia mais recente da série ocorreu hoje à tarde, em Novo Hamburgo, na região metropolitana de Porto Alegre.

Roberto Luís de Miranda, de 56 anos, tentou atravessar a BR-116 por baixo de uma passarela de pedestres quando foi atropelado pela moto conduzida por Josemar Lundquist, de 21 anos. Ambos morreram no local.

Além de atropelamentos, colisões e capotagem de automóveis que resultaram em mortes, três acidentes com ônibus deixaram dezenas de feridos no Estado. Ontem, um ônibus da empresa Planalto tombou na BR-471 no trajeto entre Chuí e Rio Grande. Das 14 pessoas levadas à Santa Casa de Santa Vitória do Palmar, duas permaneciam internadas hoje.

Antes disso, na quarta-feira, 22 passageiros ficaram feridos depois de um coletivo bater de raspão num caminhão e despencar num barranco em Farroupilha, na região serrana. Naquele mesmo dia outros dez viajantes tiveram de ser socorridos e levados aos hospitais de São Borja, no oeste. Eles estavam num ônibus que saiu da pista e capotou no acostamento de BR-287.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.