Dois soldados da Academia da Força Aérea (AFA) de Pirassununga, interior de São Paulo, morreram hoje em acidente quando iam para o trabalho. O carro dirigido por Joílson Boarato, de 21 anos, bateu na lateral de um ônibus escolar no km 40 da Rodovia Deputado Ciro Albuquerque (SP-225), entre Pirassununga e Aguaí.

Boarato teve fratura numa das pernas e foi levado para o hospital da AFA.

Os passageiros do veículo, os soldados Marco Aurélio Belote, de 19 anos, e Luiz Henrique Gonçalves, de 20, morreram. Eles ainda foram levados com vida à Santa Casa de Pirassununga, mas não resistiram aos ferimentos. Segundo a Polícia Rodoviária, no momento do acidente havia neblina na pista, o que deve ter dificultado a visibilidade e provocado o acidente. Não houve feridos entre as pessoas que estavam no ônibus.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.