Acidente de carro mata 5 em São José do Rio Preto

Cinco pessoas morreram e uma ficou ferida em um acidente na madrugada de hoje na BR-153, em São José do Rio Preto, a 440 quilômetros de São Paulo. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a colisão frontal foi causada por uma motorista que estaria embriagada e dirigindo na contra-mão.

Agência Estado |

A mulher sofreu ferimentos leves e, depois de receber cuidados no Hospital de Base (HB), foi liberada. Os cinco mortos foram sepultados na tarde desta segunda-feira no Cemitério da Paz, em Rio Preto.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, Ednéia Izidoro Tavares, de 37 anos, dirigia um Ford Fiesta Sedan, quando, num trecho de mão-dupla próximo ao cruzamento com a rodovia Washington Luiz (SP-310), entrou na contra-mão e bateu de frente num Gol, dirigido pelo policial militar Donizete Aparecido Martins, 41 anos. Também estavam no carro a namorada, a irmã, a mãe e uma amiga do PM. Três pessoas morreram na hora e outras duas chegaram a ser socorridas, mas não resistiram.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o teste de bafômetro, feito na motorista três horas após o acidente, constatou a presença de álcool acima dos limites. "Fizemos o teste com o bafômetro na condutora e ficou constatado que ela não poderia estar conduzindo um veículo", disse o inspetor da Polícia Rodoviária Federal José Zanin Júnior. "O teor era de 0,24, bem acima do limite de 0,14, que já possibilita ao motorista responder pelas penalidades administrativas (multas de trânsito) e criminais", explicou.

Segundo Zanin Júnior, a motorista se recusou a doar sangue para exames laboratoriais aos patrulheiros que foram ao hospital. De acordo com ele, o trecho onde ocorreu o acidente é bem sinalizado, por isso, a culpa pela colisão é da motorista, que trafegava na contra-mão. Apesar disso, o caso foi registrado na Polícia Civil em inquérito que apura dolo eventual. O delegado titular do 5º Distrito Policial, João Lafayette Fernandes, responsável pelo caso, não quis falar sobre o assunto com a reportagem.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG