AC/DC faz show com ingressos esgotados em SP

Quem poderia imaginar que passados mais de 35 anos de sua criação, o AC/DC causaria impacto que nada perde a Madonna ou aos Rolling Stones? Os números provam que a banda, que se apresenta hoje à noite (não há mais ingressos à venda), no Estádio do Morumbi, em São Paulo, derruba preconceitos aos quais o heavy metal sempre esteve atrelado. O álbum Back in Black, de 1980, por exemplo, é o segundo mais vendido na história nos EUA, perdendo apenas para Thriller de Michael Jackson.

Agência Estado |

Em 2008, a banda dos irmãos guitarristas Malcolm e Angus Young vendeu 12 milhões de discos, passando até os Beatles. "Black Ice", CD lançado em 2008, chegou ao número um nas paradas em 29 países.

A turnê que vem ao Brasil, a "Black Ice Tour", briga cabeça a cabeça em termos de logística com as de Madonna e U2. Possui cenografia de primeira - com uma locomotiva real ao fundo do palco pesando seis toneladas. A partir do momento em que o guitarrista Angus Young tocar os primeiros riffs de "Rock N’Roll Train", os fãs serão testemunhas de uma das produções ao vivo mais relevantes do rock. Não só por ser esta provavelmente a última turnê da banda - caso o vocalista Brian Johnson, de 62 anos, se aposente mesmo no término dos shows marcado para o meio do ano que vem - mas também pelo palco carregado de explosões e efeitos especiais, que consomem US$ 6 milhões.

Quem assistiu à última passagem da banda pelo Brasil, em 1996, pode se lembrar de como a abertura era explosiva e empolgante, com centenas de tijolos sendo derrubados por uma bola de ferro gigantesca. Hoje, além dos irmãos Young e do vocalista Brian Johnson, o AC/DC conta com Cliff Williams no baixo e Phil Rudd na bateria. O repertório do show traz cinco faixas do novo álbum fundidas a ferro e fogo a clássicos como "Highway To Hell", "Back in Black", "T.N.T" e "For Those About to Rock" - canção que fecha a apresentação.

Serão duas horas e meia de show para um público de 68 mil pessoas que esgotaram os ingressos em pouco mais de um dia após abertas as bilheterias. Gerações que já puderam acompanhar o AC/DC por duas vezes no País - a primeira no lendário Rock in Rio, em 1985, e a segunda com shows em São Paulo e Curitiba, em 1996 - subirão no vagão mais quente do rock. O baixinho vestido com roupa de colegial ganhou status de herói. É ele, Angus Young, quem faz o show do AC/DC. E aos fãs de rock, uma certeza: será o estádio do Morumbi o melhor lugar do mundo para se estar na noite de hoje. As informações são do Jornal da Tarde.

Repertório

Rock N’ Roll Train*
Hell Ain’t A Bad Place To Be
Back In Black
Big Jack*
Dirty Deeds Done Dirt Cheap
Shot Down In Flames
Thunderstruck
Black Ice*
The Jack
Hells Bells
Shoot To Thrill
War Machine*
Dog Eat Dog
Anything Goes*
You Shook Me All Night Long
T.N.T.
Whole Lotta Rosie
Let There Be Rock

BIS:

Highway To Hell
For Those About To Rock
(We Salute You)

*Músicas do último álbum ‘Black Ice’

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG