Ação policial mata chefe do tráfico em favelas do Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO ¿ O traficante Cauã da Conceição Pereira, conhecido como Furica, foi morto nesta sexta-feira durante uma operação da Polícia Civil nas favelas de Vigário Geral e Parada de Lucas, zona Norte do Rio. O bandido é tido pela polícia como o responsável pela venda de drogas na região. Furica foi baleado durante um tiroteio e chegou a ser levado para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, mas chegou morto ao local.

Redação |

Cerca de 150 agentes de quatro delegacias especializadas participaram da operação, que contou o auxílio do helicóptero Águia e de um veículo blindado. Além do bandido morto, outras sete pessoas suspeitas de terem envolvimento com o tráfico foram detidas. Os policias também apreenderam um fuzil, uma pistola, munição e drogas.

Por causa da operação da polícia, alguns moradores das favelas fizeram um protesto contra a ação. Houve confusão e os agentes usaram gás de pimenta para dispersar os manifestantes.

Leia mais sobre: operações policiais

    Leia tudo sobre: operaçãopolicia civilriorio de janeirotraficante

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG