Ação em favela do Rio termina com 1 morto e 5 presos

Um adolescente morreu e cinco suspeitos foram presos numa operação da Polícia Civil na Favela da Coreia, na zona oeste do Rio de Janeiro. Os agentes procuravam um paiol de traficantes ligados à facção Terceiro Comando Puro (TCP), que não foi localizado.

Agência Estado |

A intensa troca de tiros entre policiais e criminosos provocou o fechamento de quatro postos de saúde nos bairros de Bangu e Padre Miguel.

Cerca de 200 agentes de delegacias especializadas, com apoio de dois helicópteros, chegaram à Favela da Coreia no início da manhã. As buscas ao paiol ocorreram em vielas e na mata. Houve intenso tiroteio e um adolescente de 16 anos foi baleado e morreu. De acordo com a polícia, Fabiano estava escondido num matagal e teria trocado tiros com agentes. Ele teria sido condenado por roubo e estaria em liberdade desde 30 de julho.

No entanto, amigos e parentes do rapaz negaram que ele estivesse envolvido com o tráfico e iniciaram uma manifestação. Moradores da favela chegaram a ameaçar jogar pedras nos carros da imprensa e da polícia, mas o tumulto foi contido. Na Coreia, os agentes recuperaram um carro caracterizado como da Polícia Civil, que tinha até mesmo sirene.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG