Ação contra ex-diretora da Anac envolvida no acidente da TAM é suspensa

O desembargador do Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região Luiz Stefanini concedeu nesta segunda-feira uma liminar que suspende a ação penal existente contra a ex-diretora da Agência Nacional de Avião Civil (Anac) Denise Abreu.

Redação com Agência Estado |

Ela é processada por apresentar à desembargadora Cecília Marcondes, do TRF, uma norma que garantia a segurança nas operações de pouso no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, antes do acidente com o Airbus A320 da TAM, em julho de 2007.

Após o desastre do voo 3054, foi descoberto que o documento era um estudo interno da agência. O acidente matou 199 pessoas. Em depoimento, a desembargadora afirmou que o documento foi essencial para que ela liberasse as aterrissagens em Congonhas. Segundo o TRF, a ação está suspensa até o julgamento do mérito do pedido feito pela defesa de Denise Abreu.

Leia mais sobre: Voo 3054

    Leia tudo sobre: acidente da tamtamvoo 3054

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG