Academia do dia-a-dia

Academia do dia-a-dia Por Ciça Vallerio São Paulo, 18 (AE) - Para quem pratica atividade física em casa ou na academia do prédio, alguns acessórios ajudam a potencializar o resultado. É bom lembrar que não fazem milagres sozinhos, mas servem como complemento das atividades, como explica Renato Romani, do Centro de Medicina da Atividade Física e do Esporte da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

Agência Estado |

"É um equívoco imaginar que apenas um acessório resolverá tudo", avisa Romani, professor de Medicina do Esporte. "Para alcançar resultados, é necessário aliar dieta, exercícios aeróbicos e musculares." Esta recomendação serve também, acrescenta o especialista, para quem pretende investir naqueles aparelhos vendidos pela TV ou por sites.

Segundo Romani, nunca se perde gordura em uma única região do corpo. Acreditar que um acessório ou aparelho transformará a barriga de chope, por exemplo, em um "tanquinho" é furada. Nenhum arsenal que promete isso funcionará de forma isolada, sem estar inserido em um programa de fitness.

Além disso, alguns cuidados devem ser tomados. O mais importante é pedir sempre a orientação de um professor de Educação Física, pelo menos na primeira vez em que for usar o acessório.

"Principalmente quem não está familiarizado com aparelhos, e deseja deixar de ser sedentário", ressalta a personal trainer Lubianca Santos (que aparece nas fotos), proprietária da academia Treino 10, na Granja Viana. "O profissional precisa indicar as posturas corretas para a realização das atividades físicas, para que o resultado seja satisfatório", alerta.

Tanto Lubianca como Romani avaliaram os acessórios selecionados nesta reportagem e afirmaram que nenhum é perigoso a ponto de causar lesão. "Mas tem gente que exagera", avisa o professor da Unifesp. "Compra o aparelho e passa a usá-lo duas vezes ao dia, sem respeitar os limites naturais do corpo."

Para a professora, alguns dos acessórios, como a bola e o disco de equilíbrio, ajudam a ganhar maior condicionamento físico e até a melhorar a postura. "Sem postura não dá para se manter nesses acessórios", diz a personal trainer. "E, para conseguir equilíbrio, é necessário utilizar músculos profundos, que geralmente são pouco solicitados nas atividades tradicionais." A regra básica, antes de tudo, é fazer alongamento e aquecimento, praticando alguma atividade aeróbica.

1. O Extensor de Glúteos da JCV pode substituir os tradicionais pezinhos presos nos tornozelos, mas sozinho não vai deixar o bumbum durinho e moldado. Entra como complemento de outros exercícios localizados. Para usá-lo, basta encaixar a tornozeleira, colocar-se na tradicional posição e levantar a perna em 90 graus. O elástico cria mais resistência, aumentando a força muscular. Custa R$ 22,90 nas lojas Centauro (www.centauro.com.br): Shopping West Plaza, tel.:(11) 2103-8133.

2. Disco de equilíbrio: de borracha e cheio de ar, fica no chão e a pessoa sobe para tentar se equilibrar. Este é um tipo de exercício muito utilizado também na fisioterapia, por trabalhar (e fortalecer) músculos auxiliares, aqueles que não são tão exigidos durante atividades físicas tradicionais. O segredo é permanecer o máximo de tempo possível sobre o disco. Para se acostumar, primeiro apoie-se nos dois pés. Depois, vá dificultando o equilíbrio, com o corpo levemente agachado ou apoiando-se com um pé só. Por R$ 65,00, nas lojas Kikos (www.kikos.com.br). Av. Cidade Jardim, 1.030, Jardim Paulistano, tel.: 3034-0555.

3. Fazendo parte da linha Acqua, da marca Cepall, este é o chamado Nado Estacionário. Com o cinturão ajustado na posição certa e os elásticos presos na raia ou na borda da piscina, a pessoa nada até esticar os elásticos o máximo que conseguir. É como se nadasse sem sair do lugar. Este acessório ajuda a aprimorar a resistência, a força, e a queimar mais calorias. Produto desenvolvido em parceria com o ex-nadador Gustavo Borges. Ideal para piscinas pequenas, como as de prédios. R$ 130,00. Vendas pelos site www.cepall.com.br ou pelo tel.: (19) 3809-6700.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG