Acaba manifestação que paralisava as obras de Jirau

Foi encerrada ontem à noite a manifestação promovida pelos moradores da reserva Floresta Nacional de Bom Futuro (RO) que bloqueava a estrada que dá acesso ao canteiro de obras da usina Jirau, do Rio Madeira (RO). Segundo a Polícia Militar de Rondônia, cerca de 900 pessoas deixaram o local após o anúncio do governador do Estado, Ivo Cassol, e do superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em Rondônia, César Guimarães, em visita à região, de um acordo sobre a pauta de reivindicação dos manifestantes.

Agência Estado |

Com isso, a Energia Sustentável do Brasil, concessionária de Jirau, informou que as obras da hidrelétrica já foram retomadas.

Esta é a segunda vez que as obras de Jirau são interrompidas. No fim de maio, o impasse entre o governo estadual e a União sobre a Floresta Nacional de Bom Futuro (RO) dificultou a liberação da licença de instalação definitiva, provocando a suspensão dos trabalhos por mais de duas semanas, quando a licença parcial expirou. A Energia Sustentável do Brasil tem como acionistas a GdF Suez (50,1%), a Eletrosul (20%), a Chesf (20%) e a Camargo Corrêa (9,9%). Jirau tem potência instalada de 3,3 mil megawatts, com previsão de entrada em operação no primeiro semestre de 2012.

    Leia tudo sobre: jirauusina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG