Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Abuso contra criança ocorre mais em casa, diz governo

Dos 1.939 registros de violência contra crianças de até 9 anos entre 2006 e 2007, 845 (44%) foram por violências sexuais.

Agência Estado |

Entre os adolescentes (10 a 19 anos), esse tipo de ocorrência correspondeu a 1.335 (56%) dos 2.370 casos notificados. Segundo a coordenadora de Saúde do Adolescente do Ministério da Saúde, Thereza Delamare, a residência foi o local em que houve 58% dos episódios de violência sexual contra crianças e adolescentes; 20% sofreram abusos na rua

Esses dados coletados em 2006 e 2007 pelo Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (Viva) do governo são tratados na cartilha que será distribuído durante o 3º Congresso Mundial de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que acontece no Rio. O documento trata das estatísticas sobre as agressões e orienta como agir em caso de abusos. "A cartilha chama a atenção para o crime sexual, para abusos inaceitáveis que são cometidos contra as crianças", disse Thereza.

Como conseqüências da violência são apontados problemas no desenvolvimento dos jovens, ansiedade, transtornos depressivos, alucinações, baixo desempenho na escola e tarefas de casa, alterações de memória, comportamento agressivo, violento e até tentativa de suicídio. Na vida adulta, o abuso na infância e na adolescência se traduz em uso excessivo de álcool e drogas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG