42,2% dos desempregados são jovens

Índice alto de desocupados entre 16 e 24 anos indica que muitos estão estudando nesta faixa etária

Sabrina Lorenzi, iG Rio Janeiro |

O desemprego ficou ainda maior entre jovens no ano passado, mostra a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira. Cerca de 42,2% dos desempregados tinham de 16 a 24 anos de idade, segundo a pesquisa.

A desocupação entre pessoas de 15 a 17 anos, a faixa etária com o maior índice de desemprego, passou de 20,6% em 2008 para 23,4% em 2009. O total de jovens nesta faixa etária no mercado de trabalho vem diminuindo. Passou de 5,3 milhões de trabalhadores em 2004, para 4,3 milhões em 2009.

Para Cimar Azeredo, um dos gerentes da Pnad, o fato também tem seu ponto positivo. “Tem ocupação que tem que cair mesmo; é o caso da população muito jovem, que deveria estar estudando em vez de trabalhar”, avalia.

Entre jovens de 18 a 24 anos, a taxa avançou de 14,4% para 16,6% no mesmo período. De 25 a 29 anos, subiu de 8,4% para 10%.

Por outro lado, pessoas com mais de 30 anos exibem taxas menores de desemprego. Quanto mais velho for o cidadão, menor a chance de ficar desempregado, segundo a pesquisa de 2009. De 30 a 39 anos, a taxa de desemprego é de apenas 6,5%; de 40 a 49 anos, 4,5%, e 3,1% entre os que possuem mais de 50 anos.

    Leia tudo sobre: Pnaddesempregotrabalhojovens

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG