Tamanho do texto

Funcionários da Prefeitura de São Caetano do Sul usavam ambulâncias para buscar combustível, mas transferiam a gasolina para veículos particulares

Servidores de São Caetano do Sul furtam combustível para seus carros particulares com a ajuda de uma ambulância
REPRODUÇÃO/WHATSAPP
Servidores de São Caetano do Sul furtam combustível para seus carros particulares com a ajuda de uma ambulância

Um grupo de funcionários da prefeitura de São Caetano do Sul, município da região do ABC paulista, foi flagrado furtando para si litros de combustível que estavam destinados aos veículos públicos da cidade. De acordo com as imagens que estão sendo compartilhadas nas redes sociais, o roubo era feito por meio de ambulâncias.

Leia também: Melhora tímida nos postos: veja tudo sobre o 9º dia da greve dos caminhoneiros

Segundo as denúncias, os servidores usavam um veículo do SOS Cidadão 156 – ou seja, o serviço de atendimento de urgências da prefeitura de São Caetano do Sul – para ir até postos de abastecimento dos serviços essenciais da cidade, encher galões com gasolina e, mais tarde, levar o combustível para abastecer seus veículos particulares. 

Imagens do caso começaram a se espalhar pelas redes sociais na última segunda-feira (28). Como resposta, a prefeitura afirmou que um funcionário terceirizado que foi identificado nas imagens foi demitido. Os demais integrantes do grupo eram funcionários efetivos e acabaram sendo afastados da prefeitura, enquanto um processo administrativo investiga suas condutas.

Leia também: SP tem bloqueios, serviços de transporte reduzidos e rodízio suspenso; veja aqui

Em nota divulgada à imprensa, a administração da cidade ainda "lamenta e repudia esse tipo de conduta dentro do serviço público, e reitera seu compromisso com a ética e a transparência em todos os seus atos".

Crise de abastecimento em todo o País

A acusação contra os servidores do ABC paulista ocorre em meio a uma crise de abastecimento de combustível e de alimentos em todo o Brasil. A crise é ocasionada pela  greve dos caminhoneiros que teve início na segunda-feira do dia 21 de maio.

Com a falta de combustível para toda a população, municípios estão escoltando caminhões de gasolina para postos que terão a finalidade apenas de abastecer os serviços essenciais de cada cidade, como os veículos públicos, de saúde, segurança e do Corpo de Bombeiros .

Não há previsão para a normalização de abastecimento de todos os postos de gasolina em São Caetano do Sul . Assim como a capital do estado paulista, a cidade do ABC está sofrendo com o abastecimento não só de combustível, mas também de alimentos, produtos de higiene e remédios. 

Leia também: Em uma semana, mais de 200 caminhões de combustível foram escoltados no Rio