Menina de sete anos morre ao participar de 'desafio do desodorante' em SP

Adrielly tentava imitar um youtuber quando espirrou o produto dentro da própria boca, causando uma parada cardíaca; familiares fazem campanha
Foto: Reprodução/Facebook
Adrielly Gonçalves estava brincando sozinha em casa, quando tentou participar do 'desafio do desodorante'

Uma menina de sete anos morreu em São Bernardo do Campo , em São Paulo, após participar do chamado 'desafio do desodorante', disseminado pelas redes sociais. Na perigosa brincadeira, o participante é convidado a inalar o produto pelo maior tempo que conseguir suportar.

Leia também: 'Desafio do desodorante' gera alerta sobre o que crianças acessam na internet

Adrielly Gonçalves estava brincando sozinha em casa, quando disparou o spray de um desodorante diretamente em sua boca e segurou o ar, passando mal imediatamente. De acordo com a tia da criança, ela havia assistido a um vídeo do ' desafio do desodorante ' na internet e tentava copiar o youtuber.

A tragédia em São Bernardo aconteceu no último sábado (3). Durante esta semana, a família da vítima tem se empenhado em uma campanha online contra a brincadeira e a fim de alertar os adultos sobre o perigo de crianças repetirem ações irresponsáveis divulgadas nas redes sociais.

Adrielly chegou a ser socorrida, mas já estava morta quando deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) local.

"Tragédia que corrói meu coração"

"Ela, criança inocente, colocou o desodorante direto na boca e desmaiou, tendo parada cardíaca em sequência", diz o texto divulgado por Sheila Cristina, parente da vítima, no Facebook.

"Quero q saibam que é, sim, com muita dor no peito, que venho expor minha princesinha devido a tamanha tragédia", disse a mãe da criança Marcia Gonçalves, nas redes sociais.

Leia também: Criança de três anos é assassinada em assalto no Rio de Janeiro

"Não está sendo nada fácil, mas prometi a ela, diante de uma mesa de mármore fria, que infelizmente não pude evitar esta fatalidade com ela, uma tragédia que corrói meu coração, mas que irei encontrar forças pra divulgar o máximo para que outras famílias não venham a sofrer o que estamos sofrendo", continuou.

"Gostaria de alertar aos pais que fiquem de olho nos conteúdos que os filhos pesquisam na internet", afirma Sheila em sua publicação.

Adrielly era a filha caçula de Marcia e tinha quatro irmãos mais velhos, todos homens. Seu corpo foi velado e enterrado no último domingo (4).

Não há versão saudável do desafio

O chamado desafio do desodorante possui diversas versões divulgadas no Youtube e nas demais redes sociais. No entanto, nenhuma das brincadeiras é tida como segura, já que o produto possui substâncias, como o alumínio, que podem ser nocivas para o corpo, quando o desodorante é aplicado em excesso ou por vias não tradicionais.

Leia também: Garota de programa que comandou roubos a mansões de SP cumprirá pena em casa

Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2018-02-07/desafio-do-desodorante-morte.html