Acidente aconteceu na manhã deste domingo, em um prédio residencial; de acordo com o Corpo de Bombeiros, ninguém estava no local ou ficou ferido

Segundo Corpo de Bombeiros, 25 carros foram atingidos, mas ninguém se feriu no desabamento deste domingo
Divulgação/Corpo de Bombeiros do DF
Segundo Corpo de Bombeiros, 25 carros foram atingidos, mas ninguém se feriu no desabamento deste domingo

O piso em frente a um prédio residencial, em Brasília, cedeu na manhã deste domingo (4). Embora ninguém tenha se ferido no acidente, a estrutura equivalia ao teto de um estacionamento subterrâneo e 25 veículos que estavam parados na garagem do edifício foram totalmente esmagados pelo desabamento.

Leia também: Colisão de trens deixa ao menos dois mortos e 70 feridos nos Estados Unidos

O desabamento ocorreu por volta das 6 horas de hoje, após uma chuva intensa que atingiu a região durante a madrugada. Moradores relataram que todo o prédio tremeu no momento do acidente.

A queda da estrutura causou graves danos materiais aos moradores do edifício . Isso porque os carros foram esmagados e dificilmente serão recuperados. Entre os veículos atingidos, está um Jaguar avaliado em cerca de R$ 300 mil.

Acionados, os soldados do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil chegaram rapidamente ao local e bloquearam o acesso à garagem do Bloco C, da quadra 210 Norte.

O fornecimento de água e de energia elétrica chegou a ser suspenso por razões de segurança e equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) auxiliaram pelo menos dois moradores idosos.

Leia também: Eike Batista vira youtuber e promete vídeos semanais sobre o Brasil

Além disso, cães farejadores ajudaram a vasculhar a área. De acordo com os militares, havia suspeita de que uma pessoa estava sob os escombros, mas a hipótese foi descartada.

Por volta das 9h15, o prédio evacuado foi liberado. Até as 10h20, no entanto, a garagem continuava isolada. Além dos veículos atingidos, canos de água e de esgoto também foram rompidos.

Possíveis causas do acidente

Uma vistoria preliminar atestou que a estrutura do prédio não foi afetada, descartando o risco de desmoronamento . De acordo com a Globo News , o subsecretário da Defesa Civil, Sérgio Bezerra, constatou que não houve danos à estrutura do prédio.

A suspeita é que a chuva forte tenha encharcado o solo, pressionando o muro de arrimo e provocando o desabamento.

Leia também: Vídeo mostra mãe abandonando criança de cinco anos na rua, em Curitiba; assista

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.