Tamanho do texto

O apresentador luta para construir um conjunto de torres residenciais no terreno vizinho ao teatro do ator e apresentador, no bairro do Bexiga, em SP

Um disputa que já dura 37 anos entre Silvio Santos e o dramaturgo Zé Celso, diretor do Teatro Oficina, ganhou novos capítulos nos últimos meses. Tudo isso por que o ator e diretor tentou fazer uma gravação escondida justamente contra o "mestre da arte", o dono do SBT.

Leia também: Em impasse com as TVs pagas, Silvio Santos ensina a instalar antena digital

Em agosto, Silvio Santos apresentou seus argumentos numa reunião com Zé Celso e o prefeito João Doria na sede do SBT. O vereador Eduardo Suplicy (PT-SP) também estava presente. O encontro foi gravado de forma obscura pela equipe do ator e diretor; assista ao vídeo:


A reunião começa com as arquitetas do Oficina apresentando ao empresário do SBT o projeto de construção de um parque no terreno, com um teatro ao ar livre. O apresentador afirma que o lote "tem um dono e esse dono tem que fazer aquilo que ele deseja".

O diretor luta para manter e concluir o projeto da arquiteta Lina Bo Bardi, que previa um parque cultural público em volta do Teatro Oficina, no Bexiga, região central de São Paulo. A arquiteta morreu antes de concluir seu projeto. Silvio Santos, que adquiriu os terrenos em volta do Oficina enquanto Lina fazia a reforma, quer construir ali um empreendimento imobiliário.

Leia também: Jassa "faz a cabeça" de Silvio Santos e do Presidente Michel Temer

Ao saber das gravações, Silvio Santos cancelou novos encontros com o diretor. “O prefeito me disse que com os vídeos da reunião realizada em agosto, ele desistia de tentar um entendimento e que tudo deveria ser tratado no âmbito da Justiça", afirmou  vereador Eduardo Suplicy 

No final do mês outubro, o dono do SBT conseguiu reverter decisão do Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) que vetava a construção em volta do Teatro Oficina, e agora tenta obter vitórias semelhantes no nível municipal e também federal.

Leia também: Sinal digital: RedeTV, Record e SBT ameaçadas. Empresários e empregos em risco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.