Tamanho do texto

Mel e Bia estavam desaparecidas desde o mês passado; seus corpos foram encontrados no carro no Dia das Crianças, após exalarem cheiros fortes

Corpos de crianças desaparecidas foram encontrados no último dia 12; Bia (esq.) e Mel (dir.) tinham 3 anos de idade
Reprodução/TV Globo
Corpos de crianças desaparecidas foram encontrados no último dia 12; Bia (esq.) e Mel (dir.) tinham 3 anos de idade

Os corpos de duas meninas de 3 anos – que eram crianças desaparecidas desde o mês passado – foram identificados pela polícia, conforme informações divulgada na tarde desta quinta (19). Eles foram encontrados no porta-malas de uma Fiorino Branca na Favela Jardim Lapena, em São Miguel, na noite da última quinta-feira (12), no Dia das Crianças

Leia também: Em escola improvisada, alunos de creche em Janaúba voltam às aulas hoje

De acordo com o Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), os corpos são das crianças desaparecidas Adrielli Mel Porto, a Mel, de 3 anos e 8 meses, e Beatriz Moreira dos Santos, a Bia, de 3 anos e 11 meses.

Como ambos os corpos já estavam em estado avançado de decomposição, os médicos legistas tiveram dificuldades para identificá-las. Segundo o Instituto Médico Legal , a identificação dos corpos aconteceu após exame de DNA mitocrondrial.

Antes da identificação formal, Mel já havia sido reconhecida pela sua mãe, que afirmou ter reparado que a roupa usada por uma das crianças mortas eram da sua filha. 

O caso foi registrado no 63º Distrito Policial, na Vila Jacuí e não há informações sobre  suspeitos do crime ocorrido na Favela Jardim Lapena.

Leia também: Corpos de duas crianças são encontrados em porta-malas de carro em São Paulo

Os familiares das duas vítimas prestaram depoimento na manhã da última sexta-feira (13). Nesta quinta, o DHPP chamou as famílias novamente para que retirem os corpos e comecem os preparativos para os funerais.

Celebração que virou cena de terror

Testemunhas informaram que a Rua do Call estava fechada para que as crianças da comunidade pudessem comemorar a data temática. Porém, um odor forte vindo de um terreno passou a incomodar os moradores que ali celebravam. Um dos moradores pulou o portão improvisado para identificar de onde vinha o cheiro e localizou o automóvel parado.

Ao abrir o automóvel, os moradores se depararam com os corpos da duas crianças e imediatamente chamaram a Polícia Militar. A fiorino branca encontrada era roubada e foi encaminhada para perícia.

A polícia afirmou ainda que vai analisar, apesar do estado dos corpos das crianças, se elas sofreram alguma violência sexual antes de serem mortas.

Leia também: Hospitais que atenderam vítimas de Janaúba receberão aporte de R$ 5 milhões

Além disso, apesar de toda a situação de terror, os policiais trabalham com a hipótese de acidente, pois as crianças desaparecidas podem ter entrado no carro para brincar e terem ficado presas no porta-malas , sem conseguir destrancar a traseira do veículo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.