Cavalaria da Polícia Militar mostra que sempre está por perto de quem precisa

Policiais do Regimento de Polícia Montada 9 de Julho dão seguidas provas de que a população pode confiar na Cavalaria da PM no combate ao crime em SP
Foto: Divulgação/Cavalaria da PM
Policiais do 1ª Esquadrão da Cavalaria da Polícia Militar de São Paulo demonstraram excelência em atendimentos

O Regimento de Polícia Montada 9 de Julho, a tradicional Cavalaria da Polícia Militar de São Paulo, cumpre com excelência aquilo que a poulação mais espera de seus agentes de segurança: que eles estejam por perto quando se precisa deles e que sejam eficientes no combate à criminalidade .

Duas simples ocorrências atendidas por policiais da Cavalaria da PM na região central de São Paulo nessa sexta-feira (15) dão provas dessas e de mais qualidades inerentes a esses heróis urbanos. Tomaremos a licença de sublinhá-las ao decorrer deste texto.

Leia também: No lugar certo, na hora certa: Cavalaria da PM prende dupla na marginal Tietê

Foto: Divulgação/Cavalaria da PM
Cavalaria da Polícia Militar de São Paulo prendeu dupla que assaltou mulher nigeriana no centro de SP

Num primeiro caso, ocorrido na região do Bom Retiro, Policiais do 2º Esquadrão que estavam fora de seus expedientes regulares demonstraram aplicação  ao deter suspeito que era procurado pela Justiça do Mato Grosso do Sul.

O Tenente Melim, que integra o 1º Esquadrão da Cavalaria, explica que a identificação de atitude suspeita do homem mesmo em meio a uma região movimentada da capital paulista se deve ao preparo dos Policiais. 

"O patrulhamento de viatura, em apoio às equipes a cavalo, avistou um indivíduo que demonstrou muito nervosismo. Os Policiais fizeram a abordagem e verificaram a condição de procurado do indivíduo após consultarem extenso banco de dados", relatou o Tenente.

O indivíduo foi detido e deverá ser posteriormente encaminhado ao Mato Grosso do Sul, onde ele tem contas a acertar com a Justiça. Essa ocorrência foi atendida pela tropa Hipo 8012, liderada pelo Sargento PM Antônio Solipede.

Leia também: Com a Cavalaria da PM não tem fuga, não tem conversa e não tem arrego

Cavalaria livra refugiada nigeriana de assalto

A segunda ocorrência dessa sexta-feira (16) se desenvolveu entre a região da Santa Cecília e da Praça Princesa Isabel, também no centro de São Paulo.

O Tenente Melim narra que uma mulher nigeriana foi assaltada dentro do próprio edifício onde ela mora. O crime ocorreu após a vítima ter sido perseguida por dois criminosos pela Rua Helvétia (em região que abriga muitos refugiados da África e América Latina).

A mulher havia acabado de sacar um total de R$ 2.200 em agência do banco Santander e estava desesperada, e foi aí que os Policiais da Cavalaria mostraram que o Regimento dá resposta imediata à criminalidade .

"Os criminosos saíram correndo após o assalto e a mulher saiu do prédio para tentar ver a direção pela qual eles correram. Ela se deparou com os Policiais e indicou os suspeitos que a haviam assaltado e ameaçado com uma arma. Os Policiais perseguiram a dupla até a Praça Princesa Isabel, onde estava outra equipe da Cavalaria que ajudou a deter os bandidos", conta o Tenente Melim.

O caso foi registrado no 77º DIstrito Policial, onde a refugiada nigeriana recuperou o dinheiro roubado. No local também foi constatado que um dos criminosos já possuía passagens pela Polícia por crime de homicídio.

Essa segunda ocorrência contou com os trabalhos da Sargento Nicoli, do Soldado Saltos Oliveira e do Soldado Tadeu, todos da tropa Hipo 114 da Cavalaria da PM. Também atuaram nesse caso o Cabo Sander, o Soldado Ronaldo e o Soldado Cristiano, da patrulha Hipo 117.

Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2017-09-16/cavalaria-pm.html