O crime ocorreu na zona Sul da capital paulista na madrugada deste sábado (12). Uma das vítimas chegou a ser socorrida, mas não resistiu ao ferimento

O crime, onde três moradores de rua foram mortos a tiros, foi em um posto abandonado em São Paulo
Reprodução Google Stret View
O crime, onde três moradores de rua foram mortos a tiros, foi em um posto abandonado em São Paulo


Um crime , até o presente momento sem explicação, chocou os moradores de um bairro da zona sul de São Paulo no começo da manhã deste sábado (12). A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência por volta da 5h30 e ao chegar ao local encontrou três moradores de rua baleados.

Leia também: Em menos de 24 horas, mais três policiais morrem no Rio de Janeiro

As três vítimas dormiam em um posto abandonado na Avenida  Teotônio Vilela, local bem próximo ao autódromo de Interlagos e foram alvejados enquanto dormiam.  Testemunhas afirmaram que o local está abandonado há tempos e desde então tem sido utilizados por moradores de rua para se abrigar do frio e da chuva.

Duas das vítimas, sendo dois homens morreram no local. A terceira vítima, uma mulher, chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e veio a falecer no Pronto Socorro do Grajaú, também na zona sul. 

Logo após o resgate, a Polícia Militar isolou o local do crime para que a perícia pudesse começar as investigações. As autoridades trabalham com a possibilidade de crime de vingança por dívida com traficantes de droga da região, mas essa informação é uma hipótese.

O crime foi registrado na delegacia próxima ao local e será investigado pelo departamento de Homicídios da Polícia Civil.

Leia também: Homem morre soterrado em obra na Grande São Paulo

Outras mortes

Outras mortes de pessoas em situação de rua foram registradas recentemente em São Paulo. No mês de julho, entre os dias 18 e 19, a Polícia registrou a morte de um morador de rua, mas a causa da morte foi o frio. A tarde do dia 18 e a madrugada do dia 19 foram consideradas com a mais baixa temperatura no ano, e a exposição a citação extrema levou a morte.

no cruzamento da Rua Teodoro Sampaio com a Avenida Doutor Arnaldo, na zona oeste de São Paulo. Tanto o frio quanto a violência são os principais responsável no aumento das mortes de moradores de rua em São Paulo. 

Leia também: Prêmio da Mega-Sena neste sábado pode chegar a R$ 2,5 milhões

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.