Brasileira trouxe a droga da Espanha escondida em fundo falso de bolsa; Polícia Federal prendeu ainda outras cinco pessoas com 30 kg de drogas

Droga metanfetamina cresceu em popularidade após sucesso da série americana de TV
Frank Ockenfels/AMC
Droga metanfetamina cresceu em popularidade após sucesso da série americana de TV "Breaking Bad" (ABC)

Uma brasileira de 36 anos de idade foi presa nesse fim de semana ao desembarcar com 6 kg de metanfetamina, droga que cresceu em popularidade a partir da série de TV "Breaking Bad" (ABC), no Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo.

Leia também: 10 anos de acidente da TAM: ninguém foi condenado por tragédia que matou 199

A suspeita é de Santa Catarina e foi identificada por servidores da Receita Federal, que encontraram a droga escondida no fundo falso de uma mala. A mulher foi levada à delegacia do aeroporto, onde os peritos da Polícia Federal atestaram que se tratava de metanfetamina (também conhecida como cristal ou 'a droga do sexo'). A mulher disse aos policiais que a droga foi trazida da Espanha.

Os agentes que atuam no aeroporto internacional de São Paulo fizeram ainda outras quatro investidas contra traficantes durante esse fim de semana. O saldo total das ações foi de seis pessoas presas (incluindo a catarinense), e mais de 30 kg de drogas apreendidos com passageiros de voos internacionais.

Leia também: Operação da PF combate esquema que desviou R$ 14 milhões da Previdência em SP

Outras ações

Colombiano foi preso tentando embarcar com cocaína escondida em divisória de mala no Aeroporto de Guarulhos
Divulgação/Polícia Federal
Colombiano foi preso tentando embarcar com cocaína escondida em divisória de mala no Aeroporto de Guarulhos

Ainda na sexta-feira (14), uma mulher de 34 anos natural do Suriname foi presa tentando embarcar em voo com destino à França com mais de 2 kg de cocaína . Segundo a PF, a droga foi trazida de Lima, no Peru.

Já no sábado (15), um colombiano foi flagrado na fila do check-in para um voo com destino a Portugal com cerca de 3 kg de cocaína. A droga estava escondida nas divisórias da mochila do suspeito.

Outro homem, este nacional da Turquia, tentou embarcar para Doha, no Catar, com quase 14 kg de artigos de cama, mesa e banho engomados com cocaína.

A Polícia Federal  identificou ainda dois nigerianos que tentavam viajar ao Marrocos com drogas escondidas nas palmilhas de tênis. A droga foi localizada com a ajuda de cães farejadores e o peso bruto somou quase 5 kg. 

Segundo a PF, um dos suspeitos presos estava com cerca de 2 kg de drogas escondido e confirmou que já havia sido acusado anteriormente de tráfico internacional de drogas e que ele está no Brasil há cerca de 20 anos. Embora tenham sido presos no mesmo voo e com a droga dissimulada de forma idêntica, os homens disseram não se conhecer.

Todos os presos nesse fim de semana, com cocaína ou metanfetamina, foram conduzidos aos presídios estaduais, onde permanecerão à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Leia também: Gleisi aponta perseguição a Lula e apoia Maduro em encontro do Foro de São Paulo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.