Durante tiroteio em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, mulher grávida foi baleada e bebê é atingido; projétil perfurou seu tórax e o deixou paraplégico

Grávida de 39 semanas foi atingida por uma bala perdida no Rio de Janeiro e acabou tendo seu bebê ferido
Felipe Araújo/ Estadão Conteúdo
Grávida de 39 semanas foi atingida por uma bala perdida no Rio de Janeiro e acabou tendo seu bebê ferido

O estado de saúde do bebê baleado quando ainda estava dentro da barriga da mãe  é muito grave. O recém-nascido Arthur está internado no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, depois de ter sido atingido por um tiro que atravessou seu tórax, deixando-o paraplégico. As informações são da Secretaria Municipal de Saúde de Duque de Caxias.

Leia também: PF prende um dos maiores traficantes de droga da América do Sul

Além do bebê , a mãe, Claudineia dos Santos Melo, também encontra-se internada na Unidade de pacientes Graves do Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo. Ela precisou se submeter a uma cesariana de emergência há dois dias, quando deu entrada no hospital. Segundo a secretaria, a última avaliação feita no sábado (1) constatava que seu estado era estável, mas segue em observação.

Na última sexta-feira (30), Claudineia estava em supermercado e, ao sair, foi atingida por um disparo, consequência de um tiroteio que ocorria em uma região conhecida como Lixão. Gravida de 39 semanas, ela precisou ser levada imediatamente para uma emergência com a ajuda dos moradores. O acidente provocou um coágulo na cabeça do recém-nascido e arrancou parte de sua orelha.

Polícia

O caso está sendo investigado pela 59º Delegacia Policial de Duque de Caxias, que está apurando o que realmente aconteceu. As informações são de que homens armados atiravam contra a viatura da Polícia Militar, que passava pela via onde Claudineia estava. A PM afirma que não reagiu.

Leia também: Estado do Rio de Janeiro tem mais de 2,9 mil mortes entre janeiro e maio

Para coletar mais informações, os policiais estão em busca de possíveis testemunhas e imagens de câmeras de segurança para ajudar a esclarecer os fatos.

A assessoria de imprensa da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro informou que fez operação na comunidade do Lixão na tarde de sábado e levou três homens presos. Ainda segundo a PM, os militares foram alvos de criminosos e logo após foram avisados por pessoas que passavam pelo local que uma mulher grávida havia sido baleada.

*Com informações da Agência Brasil

Leia também: Justiça de São Paulo determina volta do ex-médico Roger Abdelmassih para cadeia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.