Os PMs de ROTA não fazem apreensão de drogas em quilos, e sim em toneladas

Dando continuidade na ofensiva de combate ao tráfico, Policiais de ROTA fizeram hoje uma incrível apreensão de duas toneladas de maconha
Foto: foto: Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar
ROTA em patrulha

Há algumas semanas o comado da ROTA adotou uma nova estratégia para dar uma resposta eficaz à sociedade paulista em relação ao drama que os traficantes de droga impõe à população, e que ultimamente ficou mais visível na cracolândia, no centro de São Paulo.

Leia também: Um dia na vida de um Policial de ROTA

Além do patrulhamento habitual  preventivo e ostensivo, a ROTA decidiu fazer operações cirúrgicas para localizar e destruir as fontes de atacado, armazenamento e distribuição de entorpecentes.  Para isso os PMs adotaram uma estratégia baseada em dois pilares: coleta de inteligência e operações de saturação.

Os resultados dessas ações só podem ser classificados com uma palavra: espetaculares!

Foto: foto: Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar
Policial de ROTA durante uma abordagem

Como isso funciona?

Durante semanas os PMs de ROTA recolhem informações através de investigações em campo, da coleta de dados feita pela sua área de inteligência, e também pelas denúncias anônimas da população. Com isso identificam e localizam os seus alvos de interesse, desenham detalhadamente a operação e no momento certo iniciam uma ação rápida, com o uso de múltiplas viaturas e dezenas de Policiais, comandados por oficiais de alta patente, incluindo o próprio Comandante do Batalhão Tobias de Aguiar.

É exatamente isso que vem acontecendo nas últimas três semanas, nas bem sucedidas missões executadas nas Comunidades Alba, Nhocuné e Moinho, onde o resultado foi medido pelas várias prisões, apreensão de centenas de quilos de maconha e cocaína, armamentos (incluindo uma metralhadora e uma escopeta) e farto material de inteligência e contabilidade do crime.

Leia também: Curso de Direção Policial: use as técnicas da ROTA para dirigir seu carro

Após atingir os centros de distribuição de drogas dessas comunidades e de cuidadosa análise do material apreendido, o foco da ROTA passou a incluir um peixe bem maior: o grande fornecedor das Comunidades, o atacadista da droga. Essa estratégia se mostrou vitoriosa e hoje.

Numa verdadeira operação de cinema, o Tenente PM Bernardes, comandando seu Pelotão composto por 5 viaturas e 20 Policiais de ROTA, deu um duríssimo golpe no tráfico, apreendendo 2 toneladas de maconha. Mais intenso que isso foi o pesado recado enviado pela Polícia Militar aos chefes do crime: eles estão ao alcance da lei e a ROTA não vai parar.

Foto: foto: Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar
Policiais do Batalhão Tobias de Aguiar saindo de formação, minutos antes de sair do Quartel para as ruas, cumprem o ritual diário e gritam 'ROTA!'


Operação Limeira

Essa incrível operação nasceu através da identificação de dois carros, um Chevrolet Montana e uma Nissan March, que foram observados circulando nas comunidades em que a ROTA atuou. O Tenente Bernardes decidiu investigar e seguir esses carros, suspeitos de abastecer os traficantes que se escondem nas Comunidades Alba, Nhocuné e Moinho, aterrorizando seus moradores e a população ao redor.

Leia também: Equoterapia: Tratamento de primeiro mundo oferecido gratuitamente pela PM

Os dois veículos passaram a ser rastreados e em pouco tempo a equipe do Tenente encontrou o que desejava. “Descobrimos que os dois veículos eram abastecidos com drogas trazidas por um caminhão, num terreno baldio perto de represa Billings, e de lá rumavam para a capital distribuindo a droga entre os traficantes nas comunidades. Desenhamos uma operação e decidimos agir”, disse o Tenente.

Um Pelotão de ROTA, composto por 5 viaturas e 20 PMs, rumou para o local e ao chegar encontraram um caminhão trancado, sem ninguém por perto.

Foto: PM/Divulgação
Operação Limeira - ROTA apreende 2 toneladas de drogas
Foto: PM/Divulgação
Operação Limeira - ROTA apreende 2 toneladas de drogas

“Como não havia ninguém no local, decidimos esperar. Foi a atitude certa. Em pouco tempo uma pessoa apareceu e foi direto para o caminhão. Fizemos a abordagem e ele se identificou como o motorista. Imediatamente confessou que recebia R$500,00 por viagem, para transportar a maconha. Quando entramos no caminhão encontramos o lote que seria transferido para os dois carros menores”, continuou a declarar o Tenente.

Leia também: Se o problema é sério chame a Polícia Militar. Se é impossível chame o GATE

Com a placa do caminhão de Limeira identificada, não demorou muito para o motorista dar o endereço do galpão central, nas cercanias da cidade. Ao chegar no local, os PMs foram recebidos pela dona do imóvel que confessou alugar o local por R$1.000,00 por semana, e que sabia qual era a finalidade. Ela indicou o local onde a maconha era armazenada.

O Tenente continua: “A missão deu certa. Para nossa satisfação, encontramos cerca de 2 toneladas de maconha. Durante o processo de apreensão da droga, um dos nossos Policiais notou a presença de um individuo na rua sinalizando para um Volkswagen Fox se distanciar. Era a pessoa que alugava o galpão da senhora. Ele foi preso e uma das nossas viaturas saiu em perseguição ao Fox que foi alcançado em minutos. O motorista foi preso com R$12.397,00 e o carro apreendido”.

Foto: PM/Divulgação
Operação Limeira - ROTA apreende R$12.397,00 com traficantes
Foto: PM/Divulgação
Operação Limeira - ROTA apreende 2 toneladas de drogas

Interrogados no local, os dois presos confessaram que estavam indo comprar vários quilos de maconha, para abastecer a região de Limeira por 20 dias. Já a dona da casa disse que esse esquema existia há quatro anos.

Leia também: Comandos e Operações Especiais - Conheça a tropa de elite da Polícia Militar/SP

Sem disparar um tiro, fazendo um exemplar trabalho de investigação, planejamento e execução, o Pelotão de ROTA do Tenente PM Bernardes atingiu dois objetivos: 1) Demonstrou para a população paulista que a PM está capacitada para, dentro da lei, fazer a sua parte no combate às drogas e 2) Passou um recado bastante didático aos traficantes que agem em São Paulo de que o único dia fácil na vida deles foi hoje.

Veja o video das 2 toneladas de drogas apreendidas. Mesmo vendo é difícil de acreditar:



Link deste artigo: https://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2017-06-30/rota.html