Onze equipes das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar efetuaram operação na Comunidade Alba e prenderam cinco traficantes com 100 quilos de drogas

Viatura de ROTA com seus quatro Policiais Militares
foto: Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar
Viatura de ROTA com seus quatro Policiais Militares

Diariamente viaturas de ROTA, com quatro Policiais cada, patrulham as regiões de São Paulo que possuem os maiores índices de crimes e alto poder ofensivo, geralmente ligados ao tráfico de drogas e armas. Com isso, dia e noite os criminosos vivem o pesadelo de serem encontrados, da lei ser aplicada e de acabarem presos.

Leia também: Um dia na vida de um Policial de ROTA

Agora, imagine o seguinte cenário: ao invés da rotina diária de distribuir suas viaturas pela cidade procurando criminosos, a área de inteligência da ROTA localiza um alvo pré-determinado e ao invés de enviar uma viatura com quatro dos seus Policiais, monta uma operação composta por quarenta e quatro PMs de elite em onze viaturas. O pesadelo dos criminosos está prestes a virar realidade.

A Comunidade Alba, localizada próxima ao aeroporto de Congonhas, é um local que vem ficando conhecido pelo forte movimento do tráfico de drogas e por estar se tornando um dos centros de abastecimento de entorpecentes para vários pontos da cidade. Os traficantes passaram a considerar que este é seu “Quartel General” e por isso se sentem seguros para aterrorizar os cidadãos locais e expandir seus negócios criminosos. Mas há um grupo com opinião contrária. Os Policias Militares de ROTA.

"A ROTA tem realizado, semanalmente, operações em áreas de interesse em São Paulo. Nesta quarta-feira (14) fizemos o cerco na Comunidade Alba com 11 equipes. Logo que cercamos e entramos no local, os moradores, cidadãos de bem que estão cansados da criminalidade, começaram a nos entregar de forma discreta informações sobre o tráfico. Nossa área de inteligência já havia nos abastecido com alguns dados sobre o local e com isso conseguimos apreender uma grande quantidade de drogas, prender cinco traficantes e chegar a um local que eles chamavam de QG do tráfico e desativá-lo", revelou o Tenente Coronel Mello Araújo, Comandante da ROTA e que liderou pessoalmente essa operação.

Leia também: Curso de Direção Policial: use as técnicas da ROTA para dirigir seu carro

De acordo com o Comandante, foram quatro ocorrências de sucesso que resultaram na apreensão de aproximadamente 100 quilos de droga no interior da Alba.

Ocorrência 1

Após o cerco na Comunidade e algumas abordagens, os Policiais Militares coletaram informações suficientes para chegar ao que os traficantes chamam de "O Cofre", esconderijo onde grande quantidade de drogas fica armazenado para ser distribuido para os traficantes. Na casa, onde o material foi recolhido, os policiais conseguiram prender também dois suspeitos. Ali, os PMs acharam: 158 pinos de cocaína, nove porções de maconha, seis tijolos de cocaína, dois galões de lança perfume, contabilidade do tráfico de drogas local, material para refinamento e armazenamento das drogas, além de 1 notebook e 18 aparelhos celulares.

Apreensão de drogas da ROTA - Operação Alba
Divulgação/ROTA
Apreensão de drogas da ROTA - Operação Alba


Ocorrência 2

Nesta segunda ocorrência foram apreendidos 68 tijolos de maconha, cada um com 1,3 quilos. De acordo com o Comandante Mello Araújo, esse local era o centro de armazenamento e distribuição da droga para os traficantes da comunidade. Na residência ainda foram apreendidos um celular e uma balança de precisão. Um homem acabou preso.

Apreensão de drogas da ROTA - Operação Alba
Divulgação/ROTA
Apreensão de drogas da ROTA - Operação Alba


Ocorrência 3

Durante o cerco, os Policiais de ROTA observaram um suspeito se movendo furtivamente pelas vielas da Alba, carregando uma mala como se estivesse prestes a viajar. Foi imediatamente abordado e preso. Com ele foram apreendidos: 1 balança digital, 199 pinos de cocaína, 534 invólucros de maconha pesando 5,4kg e 1 tijolo de cocaína de 1,7kg. Sua viagem teve como destino a cadeia, passagem por cortesia da ROTA.

Apreensão de drogas da ROTA - Operação Alba
Divulgação/ROTA
Apreensão de drogas da ROTA - Operação Alba


Ocorrência 4

O quinto suspeito abordado já era procurado por sequestro. Com ele, os Policiais de ROTA acharam: 4.514 pinos de cocaína, um tijolo de maconha, um tijolo de cocaína, três balanças e um caderno de contabilidade. No total, foram 3kg de cocaína e quase de 1kg de maconha.

Apreensão de drogas da ROTA
Divulgação/ROTA
Apreensão de drogas da ROTA


Quatro indivíduos presos durante a operação na Comunidade Alba foram encaminhados para o DENARC, e um para o 35º Distrito Policial. De acordo com a PM, todos eram procurados pela Justiça. Vão acrescentar mais uma página no seu currículo sujo e responder por tráfico de drogas.

"Estamos fazendo esse tipo de operação com frequência, essa é a terceira seguida que realizamos e com um grande número de Policiais Militares, dessa vez foram 44 homens. A população se sente protegida quando estamos no local, sentem falta de serem defendidos. Todas as vezes que realizamos esse tipo de ação acabamos prendendo criminosos foragidos e grande quantidade de droga. Dessa vez não foi diferente e essas incursões da ROTA vão continuar acontecendo com a mesma intensidade e sem interrupção", finalizou o Tenente Coronel Mello Araujo, Comandante da ROTA.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.