Tamanho do texto

Ao todo, Policiais de São Paulo e Belo Horizonte conseguiram resgatar 54 animais em operação conjunta na manhã desta terça-feira; entenda o caso

A Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo realizou uma operação no mínimo curiosa na manhã desta terça-feira (16). O chamado foi em uma transportadora de Suzano, lá os produtos que seriam transportados para Minas Gerais não eram nada convencionais.

Leia também: Polícia Militar Ambiental derruba mito da "vaca foi pro brejo" e resgata animal

Polícia Militar Ambiental faz apreensão de animais em São Paulo e Minas Gerais
Divulgação/Polícia Militar Ambiental
Polícia Militar Ambiental faz apreensão de animais em São Paulo e Minas Gerais

"A nossa equipe foi chamada pelos trabalhadores do local que desconfiaram que dentro de algumas caixas havia alguma coisa fora do normal. Então ao abrir os pacotes, eles encontraram alguns animais silvestres e chamaram os PMs." afirmou o Capitão Júlio Cesar da Polícia Militar Ambiental .

Quando chegaram na transportadora os Policiais acharam dentro das caixas 21 filhotes de jabuti, 14 filhotes de iguana e também seis filhotes de tartarugas. Agora, faltava descobrir quem era o remetente dessa carga nada correta. Os PMs foram atrás do endereço do suspeito que iria enviar os animais. Ao chegar na casa do homem, a equipe encontrou mais dois jabutis e um papagaio.

"O homem falou que os animais eram de outra pessoa e que ele só tinha recebido R$ 40 reais para levar as caixas para a transportadora e que estava desempregado", revelou o Tenente Júlio Cesar. O suspeito foi encaminhado para a Delegacia.

Leia também: Polícia Militar Ambiental combate descarte irregular de resíduos em SP

Destinatário

Ainda faltava descobrir quem iria receber os animais, então os PMs de São Paulo acionaram a Polícia Militar Ambiental de Belo Horizonte e revelaram onde a "carga" seria entregue. A casa de um suspeito foi revistada e lá foram achados mais uma iguana adulta, uma tartaruga adulta e quatro filhotes, dois jabutis e ainda uma serpente. Os animais foram resgatados, mas o dono da residência não estava no local.

Leia também: Polícia Militar Ambiental atua para afastar balões de aeroportos em São Paulo

Ao todo, a Polícia Militar Ambiental de São Paulo e Belo Horizonte conseguiram recuperar 54 animais das mãos erradas. O suspeito que foi detido em SP recebeu três multas: R$ 22 mil por manter os animais em cativeiro, R$ 10.800 por introduzir animal silvestre em território
paulista sem licença ambiental e R$ 132.000 por maus tratos de animais. Resumo, são os R$ 40 mais caros da vida do criminoso.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.