Tamanho do texto

Ex-primeira-dama teve a morte cerebral confirmada na manhã desta quinta-feira; representantes de bancadas da Câmara e do Senado lamentaram

A Câmara dos Deputados fez um minuto de silêncio em homenagem à ex-primeira-dama
Ricardo Stuckert/ Instituto Lula 02.10.2016
A Câmara dos Deputados fez um minuto de silêncio em homenagem à ex-primeira-dama

Após a confirmação da morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia, que teve morte cerebral anunciada na manhã desta quinta-feira (2), diversas autoridades divulgaram notas de pesar no decorrer do dia, em apoio à família do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

LEIA MAIS: Veja tudo sobre Lula no iG

Marisa Letícia está internada na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês desde o dia 24 de janeiro, quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC). Após descobrir que ela já estava sem atividade cerebral, a família de Lula comunicou que havia permitido ao hospital o início dos procedimentos de doação de órgãos.

Câmara e Senado

Na Câmara dos Deputados, que teve a sua primeira sessão do ano nesta quinta, houve um minuto de silêncio em homenagem à ex-primeira-dama. A homenagem aconteceu antes do início das votações que deram ao deputado Rodrigo Maia mais dois anos no comando da Casa.

A bancada do PT na Câmara publicou uma nota lembrando que, desde a fundação do partido, Marisa "esteve presente, abrindo a porta de sua casa para os companheiros e companheiras que ao longo desses 37 anos uniram-se em torno de um projeto para transformar o Brasil em um país mais justo".

O presidente Lula e a primeira-dama Marisa Letícia em visita ao neto do casal, Pedro na maternidade, em 2010
Ricardo Stuckert/PR
O presidente Lula e a primeira-dama Marisa Letícia em visita ao neto do casal, Pedro na maternidade, em 2010

Além disso, a bancada expressou solidariedade a Lula, à sua família e aos amigos da ex-primeira-dama. "É um dia de luto, mas o espírito de luta de dona Marisa continuará a orientar milhares de militantes do PT e das causas populares"

"A memória da esposa, mãe, militante e companheira que bordou a primeira estrela do PT sempre estará presente em nossos corações e mentes", anunciou Carlos Zarattini (PT-SP), líder do partido na Câmara dos Deputados.

LEIA MAIS: Velório de Marisa será no Sindicato dos Metalúrgicos onde ela conheceu Lula

Eleito nesta quarta-feira (1º) o novo presidente do Senado, Eunício Lima afirmou, por meio de nota, que Marisa foi "uma mulher forte, atuou na militância política com doçura e firmeza, mas foi, sobretudo, mãe e esposa extremamente dedicada". 

Dilma

Já a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou que hoje é "um dia triste para todos nós que conhecemos e admiramos" Marisa, identificada como "uma mulher de fibra, batalhadora, que conquistou espaço e teve importante papel político".

"Dona Marisa foi o esteio de sua família, a base para que Lula pudesse se dedicar de corpo e alma à luta pela construção de um outro Brasil", disse Dilma, que também ressaltou as investigações sobre Lula. 

Lula e Marisa Letícia foram recebidos com um jantar oferecido pela então presidente Dilma Rousseff
Roberto Stuckert Filho
Lula e Marisa Letícia foram recebidos com um jantar oferecido pela então presidente Dilma Rousseff

"Nos últimos meses, ela e o presidente Lula foram vítimas de perseguições e experimentaram na pele grandes injustiças. Imagino que a dor de Lula agora é insuportável. Mas tenho certeza de que ele saberá superar este momento difícil", afirmou.

PSDB, PPS e Aécio

O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, partido que faz a principal oposição ao PT, não foi tão caloroso nas homenagens. "A bancada do PSDB na Câmara dos Deputados manifesta seu profundo pesar pelo falecimento da ex-primeira-dama Marisa Letícia e presta sua solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seus filhos, netos e amigos pela perda irreparável", publicou Ricardo Trípoli.

A nota publicada pela bancada do PPS na Casa também foi similar. "A bancada do Partido Popular Socialista na Câmara dos Deputados lamenta profundamente o falecimento da ex-primeira dama dona Marisa Letícia", publicou o deputado federal Arnaldo Jordy, líder do PPS na Câmara.

LEIA MAIS: Família Lula autoriza doação de órgãos de Marisa, que já não tem fluxo cerebral

O senador Aécio Neves (PSDB) publicou em suas redes sociais que havia conversado com Lula nesta quinta e que lamentava a morte da esposa do ex-presidente. "Conversei hoje com o ex-presidente Lula e manifestei a ele e seus familiares o sentimento de profundo pesar de toda a minha família pelo falecimento de dona Marisa Letícia", escreveu.

* Com informações da Agência Brasil.

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.