Tamanho do texto

Crime aconteceu em Santos, litoral de SP; acusado, que está foragido, usou animal como desculpas para abusar da vítima

O Dia

Caso foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher, de Santos
Divulgação
Caso foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher, de Santos


Uma idosa de 61 anos foi agredida e estuprada pelo vizinho, em Santos, no litoral paulista, na madrugada de quarta-feira (13). De acordo com a Polícia Civil, o acusado do crime fugiu do local e ainda não foi preso.

Durante o depoimento a vítima contou que o suspeito morava ao lado de sua casa havia cerca de quatro meses. No dia do crime, a idosa teria ido até o local das agressões para ajudar a cuidar de um cachorro do homem que estaria "morrendo", segundo ele. Ao chegar na casa, a vítima que é professora, foi amarrada e violentada por cerca de duas horas. 

Após os abusos, o criminoso obrigou a professora a dar a ele R$300. A idosa conseguiu fugir e pediu ajuda. A mulher foi levada para um hospital de Santos com vários ferimentos. Para a polícia, ela contou que o agressor é pardo, tem aproximadamente 41 anos, é parcialmente calvo, tem cerca de 1,80m e pesa 80 kg.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.