Taxa de homicídios cai 40% na capital paulista, segundo governo do Estado

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Com 39 casos a menos que em janeiro de 2015, taxa de homicídios dolosos atingiu índice mais baixo da série histórica

Secretário Alexandre de Moraes diz que policiamento tornou-se agora mais ostensivo nos lugares onde há mais homicídios
Nelson Almeida/Governo do Estado de SP
Secretário Alexandre de Moraes diz que policiamento tornou-se agora mais ostensivo nos lugares onde há mais homicídios

O número de homicídios na cidade de São Paulo teve queda 40,21% no mês de janeiro, na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo os dados divulgados nesta terça-feira (23) pela Secretaria da Segurança Pública da gestão Geraldo Alckmin (PSDB), foram registrados 58 homicídios na capital paulista no primeiro mês do ano, 39 casos a menos que em janeiro de 2015 (97).

A taxa do indicador atingiu 8,18 mortes por grupo de 100 mil habitantes, o que segundo os dados do governo estadual se tornou a menor taxa de toda a série histórica, iniciada em 2001.

Também diminuíram os estupros, que passaram de 181 para 168 casos em janeiro deste ano, e os roubos, em geral, que somaram 12.645 casos – 536 a menos que em janeiro de 2015.

O número de latrocínios [roubos seguidos de morte], no entanto, manteve-se estável, com nove ocorrências, enquanto o total de furtos em geral cresceu 2,56%, passando de 13.277 casos em janeiro de 2015 para 13.617 este ano.

O balanço referente aos dados de todo o Estado deve ser divulgado na próxima quinta-feira (25).

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas