Condenada pela morte dos pais, ela atualmente cumpre pena no semiaberto na Penitenciária de Tremembé, no interior de SP

Suzane Richthofen: apesar dos luxos oferecidos pelos pais, ela planejou assassiná-los do em 2002
Reprodução
Suzane Richthofen: apesar dos luxos oferecidos pelos pais, ela planejou assassiná-los do em 2002

A Justiça de São Paulo negou um pedido de Suzane Von Richthofen para cursar uma faculdade enquanto cumpre pena no regime semiaberto, na Penitenciária Doutor José Augusto César Salgado (Tremembé), no interior de São Paulo. 

Condenada a 39 anos de prisão pela orquestração da morte dos pais, Manfred e Marisia Von Richthofen, ocorrida em 2002, Suzane cumpre desde o final do ano passado pena na ala de regime semiaberto da penitenciária, conhecida como o "Presídio dos Famosos".

No local, estão presos autores de crimes de grande repercussão midiática, como Anna Carolina Jatobá e Alexandre Nardoni, condenados pelo assassinato da menina Isabella Nardoni, e o ex-médico Roger Abdelmassih, sentenciado a 278 anos de cadeia por uma série de estupros e atentado violento ao pudor contra suas pacientes.   

O duplo homicídio foi cometido em outubro de 2002 pelo então namorado de Suzane, Daniel, e seu irmão, Cristian Cravinhos, com a ajuda da jovem. Os dois passaram ao regime em 2013, pouco mais de sete anos após serem condenados, em 2006. 

Em dezembro passado, Suzane sofreu uma derrota quando a Justiça negou um pedido de indenização de R$ 760 mil do Estado. O motivo para o processo foi a acusação da assassina confessa dos pais de que teria sido coagida a aparecer diante da imprensa pela diretora da unidade prisional.

Relembre crimes em família que chocaram o Brasil: 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.