Rio registra 11 casos de microcefalia em 2015

Doença teria relação com Zika vírus; em Pernambuco, governo declarou estado de emergência após 500 casos da doença
Foto: Edmar Melo JC Imagem
Número de casos suspeitos de microcefalia em 2015 no Brasil é 400% maior do que a média

Chega a 11 o número de casos de microcefalia registrados no Estado do Rio de Janeiro em 2015, de acordo com a Superintendência de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde. No ano passado foram 10 casos e, em 2013, foram identificadas 19 crianças com a doença.

A possível relação da microcefalia com o Zika vírus é estudada pela secretaria, porque o Ministério da Saúde informou que existe coincidência entre a circulação do vírus e a ocorrência de casos da doença em alguns Estados do Nordeste. Dois casos são avaliados em São Paulo .

O governo declarou estado de emergência em Pernambuco, onde foram anotados quase 500 casos de microcefalia, sendo a maioria em Recife. O aumento de casos da doença foi classificado pela Organização Mundial da Saúde como situação inusitada em termos de saúde.

A microcefalia é uma condição neurológica em que a cabeça do recém-nascido é menor quando comparada ao padrão daquela mesma idade e do mesmo sexo. Neste caso, os bebês com a malformação congênita nascem com um perímetro cefálico menor do que 33 centímetros.

Link deste artigo: https://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2015-11-28/rio-registra-11-casos-de-microcefalia-em-2015.html