Sobrinho mata casal de idosos no Distrito Federal por causa de R$ 800

Por O Dia |

compartilhe

Tamanho do texto

De acordo com a polícia, o jovem confessou crime e disse que precisava do dinheiro

O Dia

Um casal de idosos foi encontrado morto nesta quinta-feira, na região de Recanto das Emas, no sudoeste do Distrito Federal. De acordo com a Polícia Militar, eles teriam sido assassinados pelo sobrinho-neto, Rosemberg de Jesus Gonçalves, de 18 anos, na última terça-feira por causa de R$ 800.

Os corpos de Eduardo Viana, de 50 anos, e Maria da Conceição Alves de Sousa, de 66 anos, foram achados, em casa, por um amigo que trabalhava com eles e que ficou preocupado com o sumiço do casal.

Leia mais notícias no portal O Dia

Eduardo Viana, de 50 anos, e Maria da Conceição Alves de Sousa, de 66 anos, foram achados mortos por um amigo do casal
Reproduçao TV Globo
Eduardo Viana, de 50 anos, e Maria da Conceição Alves de Sousa, de 66 anos, foram achados mortos por um amigo do casal

Segundo informações da polícia, Rosemberg confessou que precisava de dinheiro e que matou os tios-avós após se recusarem a emprestar R$ 800. "Ele primeiro matou a tia e estrangulou ela. Quando ela caiu ao chão, o tio veio do banheiro correndo. Ele pegou por trás e deu uma paulada nas costas dele. Aí o tio levantou e ele terminou de dar mais. Segundo ele, quatro pauladas, e o tio veio a óbito no chão", afirmou o soldado Henrique Xavier.

Após o crime, Rosemberg chegou a fugir mas foi encontrado dois dias depois pela polícia. O jovem responderá por latrocínio (roubo seguido de morte).

Leia tudo sobre: sobrinhoidososmorterio de janeirojornal o diao dia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas