Meia Hora: Taradona liga 377 vezes para bombeiros e pede para apagarem seu fogo

Por Jornal Meia Hora |

compartilhe

Tamanho do texto

Safadinha telefonava para quartel atrás de homem de farda. Deu até polícia no caso ocorrido em Guarapuava, no Paraná

Jornal Meia Hora

Após ligar 377 vezes em um mesmo dia para o telefone de emergência do Corpo de Bombeiros de Guarapuava (PR) simplesmente para falar obscenidades, uma mulher de 44 anos foi detida pela Polícia Militar, em casa, na noite da última terça-feira. De acordo com os PMs, que foram acionados porque a safadinha não parava de perturbar o trabalho dos "soldados do fogo", o celular que ela usou para passar os trotes picantes foi apreendido.

Além das 377 ligações feitas só na terça-feira para o número 193, os policiais constataram, através da memória do celular, que a mulher já havia telefonado para o quartel em outros dias. Segundo informações da corporação, a maioria dos bombeiros de Guarapuava já até decorou o número do celular da tarada, já que a central telefônica da corporação tem identificador de chamadas.

Leia mais do Jornal Meia Hora:

Mulher morre afogada após carro cair em rio durante sexo

Ação policial no Rio manda sete traficantes para a jaula

Bala perdida mata comerciante diante de filhas no Rio

A autora das ligações foi conduzida pela Polícia Militar ao Fórum de Guarapava, onde assinou um termo circustanciado de ocorrência e foi liberada. O celular dela ficou em poder da Justiça. O caso vai ser encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).

Leia tudo sobre: Jornal Meia HoraMeia HoraBombeirosParaná

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas