Confronto entre policiais e traficantes deixa mais duas pessoas mortas no Rio

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Mesmo com reforço policial, Morro da Coroa, no centro, segue em clima de guerra, com tiroteios que assustam moradores

Agência Brasil

Mesmo com o reforço no policiamento, mais duas pessoas foram mortas na manhã deste domingo (10) em meio à troca de tiros entre policiais e traficantes no Morro da Coroa, no Catumbi, região central do Rio de Janeiro. Mais uma vez, moradores mostraram muito medo com a situação, procurando lugares para se proteger das balas que atravessavam a comunidade no confronto.

Cruz ilustra violência de favelas no Morro Santa Marta, o 1º a receber uma UPP no Rio de Janeiro
Fernando Frazão/Agência Brasil
Cruz ilustra violência de favelas no Morro Santa Marta, o 1º a receber uma UPP no Rio de Janeiro

As mortes aconteceram um dia depois que a Polícia Militar ter reforçado o policiamento ostensivo nos morros da Fallet, em Santa Tereza, e da Coroa, onde, no sábado (9), quatro pessoas morreram em consequência de tiroteios e pelo menos outras cinco ficaram feridas. Uma delas foi uma mulher grávida de cinco meses, que está internada em estado grave no Hospital Souza Aguiar, com uma bala alojada no pulmão.

Leia mais:
Policiamento é reforçado após tiroteio deixar três mortos no centro do Rio

O tiroteio deste domingo teve início já no final da manhã e envolveu policiais do Batalhão de Choque e traficantes, levando pânico aos moradores e pessoas que caminhavam nas ruas do Morro da Coroa.

Um dos homens que morreu, atingido no pescoço, foi identificado como Diego Rodrigues Luniere, de 20 anos. O outro ainda não foi identificado mas, segundo a polícia, morreu em consequência de um tiro no olho. A vítima ainda foi levada com vida para o hospital da região. Já Rodrigo Lumiere morreu a caminho do Hospital Souza Aguiar.

Os confrontos na região tiveram início na noite de sábado (9), quando o Morro da Coroa foi invadido por cerca de 50 traficantes da comunidade do Fallet, aliados dos traficantes do Morro do Turano, no Rio Comprido, que tomaram o controle do tráfico de drogas local.

Leia também:
Vila Olímpica da Maré fecha as portas devido a tiroteio em conjunto de favelas
Intenso tiroteio assusta moradores do Batan, em Realengo
Homem morre por bala perdida durante operação da PM na Favela do Rola

Apesar da presença das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) nos morros do Fallet e da Coroa, o policiamento foi reforçado na região ainda na noite de sábado, quando equipes do comando de Operações Especiais chegaram em carros blindados na comunidade.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas