No Novo Gama, problema é formação de boçorocas em bairros do município; em Valença, a maior preocupação é com chuvas

Agência Brasil

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) declarou situação de emergência nos municípios de Novo Gama, em Goiás, e de Valença, no Rio de Janeiro, afetados por erosões e tempestades, respectivamente.

Janeiro:  Chuvas causam alagamentos e fecham aeroporto em São Paulo

O reconhecimento das situações de emergência foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (4). No caso do Novo Gama, o problema é a formação e o crescimento de boçorocas (erosões de grandes proporções) em bairros do município. O fenômeno já vem ocorrendo há anos, destruindo e colocando em risco residências da região, além de tubulações subterrâneas.

Em Valença, a situação de emergência foi declarada em decorrência das chuvas de granizo que atingiram o município em fevereiro, causando prejuízo a moradores dos bairros de São Francisco, Estrada da Concórdia, Loteamento Santa Elena e Morro do Querosene, entre outros.

Leia mais:  São Paulo registra queda de 900 árvores em 15 dias

Ao declarar situação de emergência nesses municípios, a Sedec facilita a obtenção de recursos para as ações de socorro, assistência e estabelecimento de serviços essenciais, bem como para a solicitação de recursos destinados à reconstrução das áreas atingidas pelos desastres.

Para se habilitar, o município precisa apresentar ao governo federal um plano detalhado de resposta, indicando a necessidade para o repasse. De acordo com o Ministério da Integração Social, é importante que o município requisite o cartão de pagamento de defesa civil, para que os repasses sejam feitos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.