Série de fotos mostra as diferentes faces das cracolândias no Rio

Por AP

compartilhe

Tamanho do texto

Fotógrafo mostra em ensaio quem são as pessoas por trás do vício e como elas fazem para lidar com o hábito no dia a dia

AP

Uma série de fotografias feitas por um profissional da agência de notícias Associated Press mostra alguns dos rostos por trás do vício no crack, droga derivada da cocaína que mais provoca impactos entre os entorpecentes usados no Brasil.

Valeria de Brito: usuária de crack há 8 anos, ela diz que não gosta dos ambientes das cracolândias. Foto: Felipe Dana/APSancler Rodrigues, de 32 anos: quis pegar camisa de amigo para sair bem na foto. Foto: Felipe Dana/APPatrícia Sebastião: mãe de duas crianças, ela está grávida pela terceira vez, mas não largou o crack. Foto: Felipe Dana/APJorge, de 35 anos, no local onde consome a droga diariamente. Foto: Felipe Dana/APJose Mauricio Oliveira, de 41 anos. Foto: Felipe Dana/APKetellin Silva: aos 17 anos, é já é mãe de uma criança e viciada em crack. Foto: Felipe Dana/APLucilene Gomes, de 44 anos. Foto: Felipe Dana/APHenrique Felix Santos, de 41 anos. Foto: Felipe Dana/APAndre Oliveira, de 32 anos: ele se sustenta catando lixo na rua. Foto: Felipe Dana/APAndréa, conhecida como Loira: apesar de casada, ela vive só entre os viciados. Foto: Felipe Dana/APCrackland - crack - Rio de Janeiro. Foto: Felipe Dana/APCrackland - crack - Rio de Janeiro. Foto: Felipe Dana/APCrackland - crack - Rio de Janeiro. Foto: Felipe Dana/APCrackland - crack - Rio de Janeiro. Foto: Felipe Dana/APCrackland - crack - Rio de Janeiro. Foto: Felipe Dana/AP

As imagens mostram pessoas comuns, pais, ex-trabalhadores, cujas vidas foram transformadas radicalmente depois de terem abraçado o uso cotidiano do crack. Todas as fotos foram tiradas em áreas de consumo da droga no Rio de Janeiro. 

Leia tudo sobre: cracolândiacrackrio

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas