Criminosos resgatam quatro presos do Complexo de Pedrinhas

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

De acordo com autoridades, por volta das 4h, oito bandidos fortemente armados invadiram uma das unidades do presídio

Agência Brasil

Com a ajuda de comparsas, quatro presos fugiram do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís (MA), na madrugada deste domingo (05). De acordo com as secretarias de Estado da Administração Penitenciária e de Segurança Pública do Maranhão, por volta das 4h, oito criminosos fortemente armados com pistolas e fuzis e em mais de um veículo entraram no Centro de Detenção Provisória, uma das unidades do complexo, para resgatar os detentos.

O presídio de São Luís do Maranhão, que virou sinônimo de fugas, violência bárbara e corrupção
Agência Brasil
O presídio de São Luís do Maranhão, que virou sinônimo de fugas, violência bárbara e corrupção

Na fuga, o grupo passou em alta velocidade por uma barreira da Polícia Rodoviária Federal na BR-135, chamando a atenção dos agentes que estavam de plantão. Os agentes iniciaram, então, uma perseguição que terminou em troca de tiros. Um policial ficou ferido.

Leia mais:
Secretário deixa cargo após nova fuga de presos em Pedrinhas, no Maranhão
Matança em Pedrinhas é "pena de morte" por exigências não cumpridas, diz juiz

Os criminosos abandonaram o veículo atingido e roubaram outro carro que estava na rodovia, dando sequencia à fuga. As buscas pelos presos continuavam sendo conduzidas por policiais da Força Tática e do Grupo Tático Aéreo até o início da tarde deste domingo.

A guerra que não para de crescer no sistema prisional brasileiro:

O presídio de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, que registrou caso de canibalismo durante o ano e é alvo de investigação de pagamento de propina. Foto: Agência BrasilParentes se desesperam no portão da penitenciária de Pedrinhas, no Maranhão, durante a rebelião. Foto: Reproduçao TV GloboNo Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, aconteceu a maior revolta de presos do Estado, em novembro de 2010. Foto: Gilson Teixeira/ASCOM/SSPConcita Ferreira mostra foto de seu filho caçula, Joarlison, que foi estrangulado na cadeia de Pedrinhas. Foto: João Fellet/BBC BrasilAparelho de TV e videogame Playstation 2 dentro de cela de Pedrinhas. Foto: Ministério Público do MaranhãoPanelas elétricas encontradas nas celas do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Foto: Ministério Público do MaranhãoO Complexo Penitenciário de Pedrinhas, centro da crise carcerária do Maranhão. Foto: Agência BrasilCorredor da Casa de Detenção de Pedrinhas, no Maranhão; 60 detentos já foram executados no ano passado. Foto: Clayton Montelles/DivulgaçãoTropa de Choque atua em presídio no Maranhão. Foto: ReutersDetentos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, no Maranhão. Foto: ESTADÃO CONTEÚDOGoverno cortou repasse de verba de presídio de Neves após fuga de preso. Foto: Alex de Jesus – 14.01.2013

Em nota, os órgãos responsáveis pela segurança do complexo informaram que “meia hora depois da operação, um dos veículos usados pelos bandidos já havia sido localizado e apreendido. Dada a gravidade do episódio, as secretarias de Segurança e da Administração Penitenciária seguem com o empenho integral de suas equipes na operação de captura dos criminosos”.

Leia também:
Dois detentos são mortos no presídio de Pedrinhas, no Maranhão
Detento é encontrado enforcado no Complexo de Pedrinhas
Presos aproveitam manifestação para tentar fugir de Pedrinhas

Só de janeiro a março deste ano foram registradas 15 fugas e quatro mortes no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. No mesmo período de 2014, a Secretarias de Segurança contabilizou 24 fugas e 12 mortes e, em 2013, 17 fugas e oito mortes.

Os detentos que fugiram são Adeilton Alves Nunes, Ilton Carlos Martins, John Lennon da Silva Lima e John Carlos Campos Silva.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas