Durante exame, equipamentos foram encontrados no reto de Leonardo de Araujo; rapaz será avaliado pelo Conselho Disciplinar do presídio e sofrerá sanções administrativas

Celular e carregador foram encontrados no reto do detento Leonardo Antônio de Araujo
Divulgação/PMMG
Celular e carregador foram encontrados no reto do detento Leonardo Antônio de Araujo

Na última segunda-feira (30), o presídio de Barbacena, no Campo das Vertentes, em Minas Gerais, registrou um caso excêntrico. Um detento foi flagrado com um celular e um carregador escondidos no ânus.

A reportagem do iG  entrou em contato com a Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi). Por meio de nota, eles informaram que durante uma revista rotineira, agentes penitenciários suspeitaram que quatro presos estivessem com algum material ilícito e encaminharam todos ao Hospital e Maternidade Isabel Cristina (IMAIP), a Policlínica de Barbacena, para a realização de um raio-X.

Leia também:

Bandidos invadem casa e matam um imigrante boliviano em São Paulo

Bandido com farda do Exército assalta loja em Belém

Feito o exame, foi comprovado que os equipamentos estavam no reto do detento Leonardo Antônio de Araujo, de 23 anos. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil para registrar um Boletim de Ocorrência e, depois disso, retornou para a unidade.

Ainda de acordo com a Suapi, Leonardo será avaliado pelo Conselho Disciplinar do presídio e sofrerá sanções administrativas. Os outros presos não apresentaram irregularidades.

Veja fotos de um pombo que transportava celular para dentro de um presídio:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.