Quatro detentos fogem de presídio que integra Complexo de Pedrinhas, no Maranhão

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Outros cinco presos tentaram deixar o presídio, mas foram contidos por agentes de segurança

Agência Brasil

Quatro detentos fugiram do Presídio São Luís 2, que integra o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão. A fuga ocorreu na tarde de ontem (22). Outros cinco presos tentaram deixar o presídio, mas foram contidos por agentes de segurança. O grupo de nove detentos retornava às celas, após ter participado de atividades no pátio da unidade.

Leia mais: Dois detentos são mortos no presídio de Pedrinhas, no Maranhão

A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Sejap) do Maranhão informou que, logo após a fuga, as polícias Civil e Militar, além de agentes penitenciários, iniciaram a busca aos foragidos pela área de mata que cerca o presídio. A operação teve a participação do Grupo Tático Aéreo.

No último dia 13, dois detentos morreram em uma das celas do Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas. Dados preliminares indicaram que as mortes foram motivadas por “divergências pessoais” e os presos teriam sido mortos por enforcamento.

Na semana passada, o governo do Maranhão apresentou um conjunto de metas para diminuir a lotação carcerária e aprimorar a gestão penitenciária. Entre as metas está a construção de novas unidades prisionais, a ampliação do número de servidores e de agentes penitenciários e a informatização de procedimentos como a implantação de um cadastro único de visitantes.

O Complexo Penitenciário de Pedrinhas, centro da crise carcerária do Maranhão
Agência Brasil
O Complexo Penitenciário de Pedrinhas, centro da crise carcerária do Maranhão


Leia tudo sobre: maranhãopedrinhas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas