Ivar Luiz Schmidt, um dos líderes do movimento do transporte, convoca caminhoneiros para fazerem nesta segunda-feira (2) um buzinaço, com o intuito de “fechar Brasília”

Agência Brasil

O Comando Nacional do Transporte divulgou neste final de semana um vídeo, no qual Ivar Luiz Schmidt, um dos líderes do movimento do tranporte, convoca os caminhoneiros para fazerem nesta segunda-feira (2) um buzinaço, com o intuito de “fechar Brasília”. Os caminhoneiros se manifestam contra o recente aumento do óleo diesel, além de pedir a definição de um valor mínimo para o frete.

Caminhoneiros mantêm protestos em rodovias federais do Sul do País

Governo foi alertado por aliados que caminhoneiros planejavam greve

As manifestações continuam, em menores pontos, após a proposta do governo federal ter sido aceita pela Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos, e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística.

Na proposta apresentada, o governo prometeu sancionar sem vetos a Lei dos Caminhoneiros, prorrogar por 12 meses o pagamento de caminhões, conforme o Programa Procaminhoneiro, além de criar, por meio de negociação entre caminhoneiros e empresários, uma tabela referencial de frete. 

Nos vídeos divulgados pelo Comando Nacional do Transporte, Schmidt convoca os caminhoneiros a se dirigirem aos postos de combustíveis localizados nas proximidades de Brasília, para organizarem a logística do buzinaço, prometido para hoje na capital federal. “Conclamo todos a fechar Brasília”, disse o caminhoneiro.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.