Região mais atingida na capital paulista foi a zona leste; Bombeiros precisaram fazer resgates em Suzano e Poá

Residências invadidas pela água, veículos arrastados pela correnteza, pessoas ilhadas em muretas e degraus de residências. As chuvas que atingiram a Grande São Paulo na tarde desta sexta-feira (13) causaram prejuízos em diversos pontos da capital paulista e de municípios de seu entorno.

Carro arrastado por enchente na Grande São Paulo, no final da tarde desta sexta-feira
TV Record/Reprodução
Carro arrastado por enchente na Grande São Paulo, no final da tarde desta sexta-feira

De acordo com o Corpo de Bombeiros os municípios de Poá e Suzano, na região leste da Grande São Paulo, foram os mais atingidos pelas chuvas, com a água subindo a mais de meio metro de altura. A corporação precisou mobilizar viaturas para resgatar pessoas ilhadas. 

As chuvas também causaram estragos no município de São Bernardo, no ABC paulista, e, na capital, nos bairros de Itaquera, São Miguel Paulista, Guaianazes e Itaim, todos na zona leste da cidade. 

Temporada de chuvas castiga capital, interior e litoral de São Paulo; veja fotos:

O "Cidade Alerta", da TV Record, mostrou dezenas de veículos completamente submersos, alguns deles sendo arrastados pelas correntezas formadas pelas enchentes. Um carro chegou a ficar de ponta cabeça após ser arrastado e cair em um córrego. 

A água ainda invadiu casas e pontos de comércio em todas as regiões atingidas. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura paulistana, quatro vias ficaram intransitáveis na zona leste, todas no bairro de Itaquera.

Ainda não há informações a respeito de desabrigados, desaparecidos ou feridos. Segundo o "Cidade Alerta", um motorista foi arrastado pela correnteza das enchentes em Ferraz de Vasconcelos. Os Bombeiros, no entanto, ainda não confirmaram a informação. 

Apesar da saída para o feriado, o trânsito ficou abaixo da média na capital paulista, de acordo com a Companhia de Engenharia e Tráfego (CET). O auge foi ainda pela manhã, quando foram registrados 117 km de congestionamento. À tarde, o horário mais movimentado foi às 18h, quando foram 112 km. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.