Município de Tarauacá é frequentemente atingido por alagamentos, consequência do transbordamento de rios

Desde sábado (31), a pequena Tarauacá, no interior do Acre, está debaixo d'água. Localizada a cerca de 400 quilômetros da capital do Estado, Rio Branco, o isolado município de 37 mil habitantes viu as enchentes invadirem ruas, casas e veículos.

De acordo com a Prefeitura da cidade, o motivo para a cidade ter sido invadido pelas águas foi o transbordamento do Rio Tarauacá como consequência das fortes chuvas que atingem a região desde sexta-feira (30). É a 35ª situação de alerta do município devido ao alagamento de rios em apenas três meses.

"Nunca choveu tanto e alagou tanto como agora. E são nesses momentos que temos de dar o nosso melhor para podermos amenizar os efeitos adversos da força da Natureza", disse o prefeito Rodrigo Damasceno. "Estamos nos dedicando ao máximo e desde já agradeço o empenho e dedicação de todos envolvidos nas equipes de apoio."

Doze famílias, aproximadamente 93 pessoas, estão desalojadas, dormindo em abrigos da Prefeitura. A previsão deste domingo era que 17 botes se juntariam aos 13 já atuantes na cidade para ajudar na locomoção dos habitantes e possíveis resgates. 

Neste domingo (1º), o nível do Rio Tarauacá estava em 10,80 metros. Segundo a Prefeitura, a cota para transbordamento é de 9,5 metros. Com a persistência das chuvas, a água deve seguir subindo. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.